fbpx
Pular para o conteúdo

Carro Kadett GSi 1994 se despede sem ganhar a versão europeia 16V

Carro Kadett GSi
Compartilhe

Carro Kadett GSi 1994 se despede sem ganhar a versão europeia 16V: A versão esportiva injetada do médio hatch da Chevrolet, se despede sem deixar um substituto a altura, a versão Sport chegou em 1995, porém com um desempenho bem mais comportado.

Anúncio

Por aqui, o nosso Kadett GSi 2.0 8V, entregava 121 cv (G), com Torque máximo de 17,6 kgfm a 3000 rpm, velocidade final real de 178 km/h e aceleração de 0 a 100 em 10,6 segundos.

Já seu irmão europeu, com o motor 2.0 16V (G), entregava 148 cv, com Torque máximo de 20,3 kgfm a 4800 rpm, velocidade final real de 220 km/h e aceleração de 0 a 100 em 7,7 segundos, tudo isso sem usar turbo.

Mas existe um bom motivo para a marca não trazer para o Brasil a versão GSi 2.0 16V. Seus maiores concorrentes eram o Ford Escort XR3 2.0i, que ainda utilizava os motores VW AP de 8V, e o VW Golf até 1994, também disponibilizava o motor VW 2.0 8V.

Anúncio

Galeria de Fotos 1 – Imagens mascoteclassicos.com.br

Como o Chevrolet Kadett já se preparava para se despedir do mercado, a montadora preferiu a chagada da geração Astra para avaliar melhor a situação, e se compensaria ou não trazer tecnologias da Europa com motores mais nervosos.

Nostalgia: Apenas para aguçar nossa curiosidade. Como seria um pega na estrada caso o Passat quadrado GTi Pointer sobrevivesse até 1995 e recebesse o motor VW 2.0i 16V o mesmo do Gol GTI 2.0 16V, e houvesse uma briga entre Kadett GSi 2.0 16V e Passat Pointer GTi 2.0 16V. Seria no mínimo fantástico.

Desempenho – Carro Kadett GSi 1994

Estabilidade –  Era um dos modelos nacionais de melhor tecnologia, a Chevrolet conseguiu unir conforto e segurança na mesma suspensão, um feito raro para as montadoras aqui no Brasil.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet Família II 2.0, com injeção eletrônica multiponto, entregando confiança e robustez.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 velocidades, era macio, confortável e de engates precisos.

Retomadas e ultrapassagens – Com um conjunto de motor e câmbio bastante saudável, era eficiente em médias e altas rotações.

Consumo –  Para um modelo de médio porte pesando 1100 kg, consumir 8,4 km/l na cidade, era considerado dentro dos padrões para a época.

Galeria de Fotos 2 – Imagens mascoteclassicos.com.br

Ficha Técnica – Chevrolet Kadett GSi – Ano 1995

Carroceria – GM Hatch; Porte – Médio; Portas – 2; Motor –  GM Família II 2.0; Cilindros – 4 em linha; Válvulas por cilindro – 2; Posição – Transversal.

Peso Torque – 62,5 kg/kgfm; Tração – Dianteira; Combustível – Gasolina. Alimentação –  Injeção Multiponto; Direção – Hidráulica.

Câmbio – Manual de 5 velocidades, com alavanca no assoalho; Embreagem – Monodisco a seco; Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e disco sólido nas rodas traseiras; Peso – 1100 KG.

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal; Suspensão traseira – Eixo de torção – Mola helicoidal; Comprimento – 3998 mm.

Distância entre-eixos – 2520 mm; Largura – 1663 mm; Altura – 1390 mm; Potência – 121 cv; Cilindrada – 1998 cm³; Torque máximo – 17,6 kgfm a 3000 rpm.

Potência Máxima – 5400 RPM; Aceleração de 0 a 100 – 10,6 Segundos; Velocidade máxima – 178 km/h; Consumo: Cidade 8,4 km/l – Estrada 13 km/l.

Autonomia: Cidade 395 km – Estrada 611 km; Porta malas – 390 Litros; Carga útil – 480 kg; Tanque de combustível – 47 Litros.

Galeria de Fotos 3 – Imagens mascoteclassicos.com.br

Motor Tudo somos todos um só, o maior e melhor conteúdo de carros clássicos do Brasil. Classificados, Notícias, Fichas Técnica, fotos, vídeos de carros antigos e novidades do mercado.

Carros antigos
Carros antigos

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos