Audi A4 2.8 V6 30V 1997 o sonho já era realidade no Brasil

Compartilhe

Luxo, potência e muito requinte na segunda metade da década de 1990, o médio importado que fazia a diferença.

Com a abertura do mercado para importação no início da década, o sonho de ter em solo brasileiro marcas de elite como, Audi, Mercedes Benz e BMW, estava realizado, modelos de auto custo que mexeram com a cabeça de muita gente.

O Audi A4 2.8 1997, trazia de série controle de tração e estabilidade e um confiável e saudável V6, além de um número bastante generosos de equipamentos. Mas o brasileiro aprendeu uma lição ao comprar modelos de auto custo importado.

Oferecendo muito luxo, glamour e qualidade, os importados de elite durante a década de 1990, também eram uma armadilha para proprietários mais desatentos.

Uma unidade zero km poderia facilmente ultrapassar R$ 200.000,00 em valores atualizados, mas o maior problema era a desvalorização pouco tempo depois.

Já no início dos anos 2000 você encontrava facilmente o mesmo modelo por cerda R$ 40.000,00, “em valores atualizados”, e com um custo de manutenção estratosférico, já não era tão atrativo assim.

Hoje com o mercado já adaptado a seminovos e usados de auto custo, existe uma legião de fãs que se adaptaram a comprar e manter modelos de elite com 5 , 10 ou 15 anos de uso na garagem.

Desempenho

Estabilidade –  A estrutura do Audi A4 foi muito bem desenvolvida, aliado ao controle de tração e estabilidade, era o carro ideal para a estrada.

Motor –  Utilizando o motor  2.8 V6 30V, entregava 193 cv e torque máximo de 28,5 kgfm.

Imagens Pastore Car Collection

Câmbio –  O câmbio automático, era eficiente e seguro.

Retomadas e ultrapassagens – Com um conjunto motor e câmbio muito saudável e eficiente, que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era um dos melhores do mercado.

Imagens Pastore Car Collection

Consumo –  Para um motor de 6 cilindros a gasolina de um carro de médio porte, fazer 8 km/l na cidade, era considerado dentro dos padrões para época.

Acabamento Externo

Faróis –  Trapezoidais de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor carro;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal e moldura cromada;

Imagens Pastore Car Collection

Retrovisores Externos – Panorâmicos, com ajuste elétrico;

Frisos – Emborrachados em toda a extensão lateral do carro na cor da carroceria;

Rodas – Rodas de aço 205/60 R15;

Maçanetas – Embutidas;

Logo – “A4” Na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Sim;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com diversos mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento do painel – Em vinil na cor grafite;

Volante – Espumado de 4 raios;

Imagens Pastore Car Collection

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim, digital;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Sim;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Interno Elétrico;

Acabamento dos bancos – Couro

Acabamento das portas – Em vinil e detalhe em madeira;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Apoio de cabeça e sinto de segurança de tr~es pontos para dois passageiros + apoio para o braço;

Encosto de cabeça – Para quatro passageiros, com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Audi A4 2.8 V6 30V 1997

Carroceria – Sedã;

Porte – Médio;

Portas – 4;

Motor –  2.8;

Cilindros – 6 em V;

Válvulas por cilindro – 5;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 193 cv;

Peso Torque – 48,32 kg/kgfm;

Cilindrada – 2771 cm³;

Torque máximo – 28,5 kgfm a 3200 rpm;

Potência Máxima – 5000 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Injeção monoponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Automático com alavanca no assoalho;

Embreagem – Conversor de torque;

Freios – Disco ventilado nas rodas dianteiras e disco sólido nas rodas traseiras;

Peso – 1377 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo torção – Mola helicoidal;

Comprimento – 4450 mm;

Distância entre-eixos – 2660 mm;

Largura – 1733 mm;

Altura – 1400 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 8,7 Segundos;

Velocidade máxima – 233 km/h;

Consumo: Cidade 8 km/l – Estrada 11,9 km/l;

Autonomia: Cidade 496 km – Estrada 737,8 km;

Porta malas – 440 litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 62 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 216.103,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *