Voyage Plus 1983 a primeira série especial

Carros dos anos 80 Volkswagen Voyage Quadrado

Para muitos a versão Plus veio apenas em 1986, mas em 1983 ela deu as caras pela primeira vez, e ficou conhecido como Voyage exportação

O nosso Voyage quadrado em 1983 já era exportado para alguns países como Argentina, com o nome de VW Gacel, equipado com o motor MD – 270 1.6, mas a série especial, Voyage plus 1983, era uma série limitada produzida para o mercado brasileiro, nunca exportado, a versão exportada para a Argentina e outros países da América do Sul, África entre outros continentes no mesmo ano, era uma versão 4 portas, com o mesmo painel quadrado mas com mostradores em escala redonda e rodas de liga – leve da família Santana, conforme fôlder abaixo.

A versão do Voyage Plus em 1983, vinha com conta – giros, rodas de liga – leve da família BX, para – choques na cor grafite, que em 1984 passou a ser de série em todas as versões e bancos em tecido de primeira linha, equipado com o motor MD – 270 1.6 de 81 CV de força e câmbio 4 marchas.

Hoje com toda a certeza, é um dos carros clássicos mais raros do Brasil, as versões “S, LS e até GLS de 1983, 2 e 4 portas, ainda são encontradas com uma relativa facilidade, mas a versão Plus de 1983 fica bem mais difícil encontrar um exemplar em bom estado.

Desempenho

O motor VW MD – 270 1.6, o mesmo que equipava a família Passat, era confiável, elástico, bom na cidade e na estrada, atingindo velocidade final real de 154 Km/h.

Na cidade era ágil, com um consumo baixo 8,6 KM/L com álcool, o câmbio 4 marchas de relações curtas e engates precisos, dava um ar todo esportivo ao carro.

Na estrada, era muito eficiente e seguro em ultrapassagens e retomadas, o ponto negativo ficava para velocidades acima de 110 Km/h, o motor pedia a 5ª marcha que não existia, causando desconforto para o motorista.

O conjunto carroceria, Chassis / bloco e suspensão, era muito eficiente tanto em curvas de alta como em retas em altas velocidades.

Acabamento Externo

Frente com faróis quadrados, embutidos em um mesmo conjunto com as setas;

Grade de ar do motor na cor grafite, com frisos na horizontal e logo “1.6” em vermelho;

Para – choques na cor grafite, com fino friso emborrachado e cantoneiras de plástico estendidas;

Faróis de milha / neblina;

Retrovisores satélites com ajuste manual direto no espelho;

Maçanetas na cor grafite, com detalhes cromados;

Rodas de liga leve, tradicionais das versões top e intermediárias da família BX;

Mini aerofólio na tampa do porta malas;

Lanternas traseiras tricolor;

Acabamento Interno

Painel quadrado com conta – giros + relógio analógico;

Volante de plástico injetado de dois raios;

Ar – quente – opcional;

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutido no painel;

Acabamento dos bancos em tecido de primeira linha;

Encosto de cabeça com regulagem de altura nos bancos dianteiros;

Assoalho e porta malas acarpetados;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – opcional;

Ficha Técnica – Voyage Plus 1983

Carroceria sedã;

Porte Compacto;

2 portas;

Motor VW MD – 270 1.6;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração Dianteira;

Combustível Álcool;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras;

Peso 891 KG;

Potência 81 CV;

Potência Máxima 5200 RPM;

De 0 a 100 – 15,3 Segundos;

Velocidade máxima 154 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 8,6 KM/L – Estrada 11,9 KM/L;

Porta malas 382 Litros;

Carga útil – não informado;

Tanque de combustível 55 Litros;

Preço atualizado R$ 55.249,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Voyage Plus 1983

Carros Clássicos Brasil – Voyage Quadrado

Voyage Plus 1983 a primeira série especial
5 (100%) 2 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *