Voyage LS 85/86 As primeiras unidades que receberam o motor AP 1.6

1985 foi um ano bastante importante para o conjunto motor e câmbio do Voyage quadrado, a estréia do câmbio 5 marchas e as primeiras unidades a serem equipadas com o motor AP 1.6

Até o ano de 1984 o Voyage Quadrado era equipado com câmbio de 4 velocidades e o motor MD-270 1.6, no primeiro semestre de 1985 recebe o câmbio 5 marchas na versão LS ainda com motor MD-270, e no segundo semestre as primeiras unidade do motor AP 1.6, na versão Voyage LS 85/86.

Em 1985, os ponteiros dos mostradores do painel deixam de ser laranja conforme foram entre 1983 e 1984 e passam a ter um tom mais avermelhado, a lanterna traseira ganha contorno vermelho na luz de ré, antes o contorno era transparente.

O modelo aqui da matéria se trata de um Voyage LS 85/86, com câmbio 5 marchas e todos os opcionais de fábrica, retrovisor do lado direito com controle mecânico interno, rodas de liga leve da família BX, ar – quente, volante espumado e vidro lateral traseiro rebatível.

Mas no processo de restauração alguns itens foram modificados, os bancos receberam o tecido do modelo da década de 1990, assim como a manopla da alavanca de câmbio e a luva do breque de mão, além da tampa do acionamento da buzina que também foi substituída por uma do modelo 1983/1984, no restante é um exemplar original de época.

Curiosidade:

Minha família comprou uma unidade zero KM, em fevereiro de 1985, uma versão LS sem opcionais, equipada com câmbio 5 marchas e motor MD-270 1.6, na cor verde cristal e calotas cromadas. O interessante era que eu tinha 14 anos na ocasião, e fazia alguns testes driver com o carro, e em algumas situações eu conseguia alcançar incríveis 80 KM/h em segunda marcha.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, ainda era muito eficiente e atualizado para a época, seguro em curvas de alta, e sem balanços em retas em velocidades acima de 140 KM/h.

Motor –  Utilizando o motor VW AP 1.6 de 85 CV, era robusto, elástico e muito ágil, indo de 0 a 100 em bons 13 segundos.

Câmbio –  O câmbio de 5 velocidades, era eficiente, macio nas trocas, mesmo em trocas mais rápidas mantinha uma boa performance.

Retomadas e ultrapassagens – Estava entre os carros nacionais mais eficiente e seguro.

Consumo –  Na versão 1.6 a álcool, tinha um consumo considerado dentro dos padrões par a época, mas o grande diferencial, era que mesmo com carga máxima de peso, não havia muito variação no gasto de combustível.

Acabamento Externo

Faróis –  Retangular de lentes planas.

Setas dianteiras – Embutidas em um mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono na cor grafite, com duplo friso emborrachado;

Grade de ar do motor – De plástico na cor grafite em lâminas na horizontal;

Retrovisores – Satélites com controle mecânico interno;

Frisos – Emborrachado com detalhes cromados em toda a extensão lateral do carro;

Rodas – Rodas de liga leve tradicionais da família BX;

Maçanetas – Grafite com detalhes cromados;

Logo – “Voyage LS” na tampa do porta malas;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Equipamentos

Painel – Com mostradores básicos em escala quadrada;

Acabamento do painel – Em vinil na cor preto;

Volante – Espumado;

Sistema de som – Opcional;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Opcional;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Analógico no painel;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Mecânico Interno;

Acabamento dos bancos – Em tecido preto aveludado “Configuração de fábrica”;

Acabamento das portas – Em vinil e detalhes aveludado;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros “Original de fábrica”;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Voyage LS 85/86 AP 1.6

Carroceria – Sedã;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor – VW AP 1.6;

Cilindros – 4 Em linha;

Posição – Longitudinal;

Tuchos – Mecânicos;

Tração – Dianteira;

Combustível – Álcool;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 5 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 910 KG;

Comprimento – 4083 mm;

Distância entre-eixos – 2358 mm;

Potência – 85 CV;

Cilindrada – 1596 cm³;

Torque máximo – 12,65 kgfm a 3000 rpm;

Potência Máxima – 5600 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 13 Segundos;

Velocidade máxima – 161 KM/h;

Consumo: Cidade 9 KM/L – Estrada 12 KM/L;

Autonomia: Cidade 440 KM – Estrada 654,4 KM;

Porta malas – 382 Litros;

Carga útil – Não Informado;

Tanque de combustível – 55 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 64.756,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta