Voyage 88, em época de Autolatina o AP 1.6 ainda reinava

Compartilhe

No segundo semestre, o Voyage 88 ganha um irmão bastardo, começam a chegar nas concessionárias as primeiras unidades do fruto da Autolatina, as versões de entrada CL com motores AE/CHT 1.6.

A nova versão da família do Voyage quadrado, era o tradicional pé de boi na essência, pneus canela fina, 155/80 R13, painel sem botões satélite e nos mostradores, apenas, velocímetro, nível de combustível e temperatura do motor. Com velocidade final real em média 10 km/h a menos que o modelo com motor AP 1.6.

No ano de 1989 fui a uma concessionária Volkswagen do litoral paulista, onde estava em exposição um Voyage CL CHT 1.6. Perguntei ao vendedor, “Este é o novo Voyage com motor “CHT”. Ele riu e disse, “Imagine, este motor a Volkswagen desenvolveu se chama AE e não tem absolutamente nada haver com motores da Ford”. Me fiz de retardado como ele, dei um sorriso de quem acreditou na história, e fui embora.

O Voyage 88 e do ano de 1989, na versão GL AP 1.6, mesmo com a presença das versões CL com motores AE, que eram bem mais baratos, continuaram sendo os mais emplacados entre o final de 1988 e o início de 1991.

A unidade da nossa matéria é um VW Voyage GL AP 1.6 a gasolina na cor Vermelho Fenix, entregando 86 cv, Torque máximo – 12,5 kgfm a 2600 rpm, velocidade final real 165 km/h, aceleração de 0 a 100 em 12 segundos. Quanto ao consumo, na cidade fazia 8,2 km/l e na estrada 13 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Retangulares de lentes planas, embutidos em um mesmo conjunto com as setas;

Para – choques – Envolventes na cor grafite;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal, embutido em um mesmo alinhamento com os faróis;

Retrovisores – Satélites, com controle mecânico interno;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão lateral do carro;

Rodas – Rodas de aço com calotas de plástico 175/70 R13, Opcional para rodas de liga-leve;

Maçanetas – Na cor grafite;

Logo – Na tampa do porta – “Voyage GL”;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré, bonitas e muito eficientes;

Bagageiro – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Acabamento do painel – Em vinil preto;

Volante – Espumado de dois raios;

Sistema de som – Opcional;

Ventilador – De três velocidades;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Sim “analógico”;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Mecânico com botão interno;

Acabamento dos bancos – Em fino tecido aveludado;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido;

Luz de Sinalização no rodapé da porta – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Voyage 88 – Na versão GL AP 1.6

Carroceria – sedã;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor – AP 1.6;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Longitudinal;

Tuchos – Mecânicos;

Tração – Dianteira;

Combustível – Gasolina;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 5 marchas;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 894 kg;

Comprimento – 4072 mm;

Distância entre-eixos – 2358 mm;

Largura – 1601 mm;

Altura – 1349;

Potência – 86 cv;

Cilindrada – 1781 cm³;

Peso torque – 68,2 kg/kgfm;

Torque máximo – 12,5 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 5600 rpm;

Aceleração de 0 a 100 – 12 Segundos;

Velocidade máxima – 165 km/h;

Consumo: Cidade 8,2 km/l – Estrada 13 km/l;

Autonomia: Cidade 415 KM – Estrada 609 KM;

Porta malas – 382 Litros;

Carga útil – 350 kg;

Tanque de combustível – 55 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 83.896,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário