Volkswagen Passat GTS Pointer 1.8 1987 ano de difícil decisão

Compartilhe

Volkswagen Passat GTS Pointer 1.8 1987 ano de difícil decisão para a montadora alemã

Um ano antes do fim de sua produção a Volkswagen decidia se lançaria o modelo B2 da família Passat ou tiraria o modelo de linha.

O modelo B2 já rodava nas ruas brasileiras desde 1984, era o nosso VW Santana, o novo modelo seria a plataforma B2 com uma traseira cupê, mas muitos problemas apareceram no cominho do novo projeto.

O primeiro seria uma briga em família o novo modelo teria basicamente a cara e o acabamento do irmão sedã o VW Santana, outra questão era o visual esportivo que passaria a ser um esporte fino e para finalizar, o mercado brasileiro já não tinha mais interesse em hatchs e cupê de médio e grande porte.

Passat B2.

Passat B2

Em 1987 com o anúncio do fim da produção em 1988, como modelo 1989, levaram muitos apaixonados para as concessionárias aumentando significativamente as vendas da versão GTS Pointer 1.8S, mesmo assim foi inevitável a descontinuidade do esportivo mais badalado do mercado nacional.

Curiosidade –

Em 2014 uma revista digital levou para Interlagos um modelo GTS Pointer 1.8 1987, para uma disputa com vários modelos nacionais, sem nenhuma modificação ou adaptação para as pistas o GTS disputou a corrida todo original de fábrica, e conseguiu chegar em 8º lugar em uma competição com mais de 30 carros, entre eles Dodge Dart e Opalas preparados para competição, o bom e velho GTS Pointer, segundo o piloto que dirigiu o modelo VW na competição, disse que o grande trunfo foi o ótimo desempenho nas curvas e nas partes mais travadas do circuíto, o carro tinha um equilíbrio incrível.

Desempenho – Volkswagen Passat GTS Pointer 1.8 1987.

O modelo VW Passat era muito eficiente pelo conjunto, motor, câmbio carroceria e bloco que casavam perfeitamente.

O já conhecido e badalado motor AP além de ser confiável, era muito estável mesmo em altas rotações, extremamente ágil em ultrapassagens , na cidade e em velocidades acima de 160 KM/h se mantinha muito estável.

Sua aerodinâmica foi a melhor do Brasil entre 1973 e 1989.

Um suspensão muito eficiente, em curva de alta mesmo com pista molhada era o carro nacional mais equilibrado.

Outro ponto forte era o sistema de freios, mesmo com carga máxima 450 KG, tinha uma ótima frenagem.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Acabamento Externo

Carroceria cupê, plataforma B1.

Frente com faróis com lentes duplas, farol + luz de longo alcance.

Para-choques envolventes com friso vermelho.

Setas embutidas no para-choque dianteiro.

Frisos emborrachados nas laterais com friso vermelho e o logo GTS Pointer, dando um ar todo esportivo.

Rodas de liga leve 185/60 R14.

Retrovisores panorâmicos com controle mecânico interno.

Lanternas traseiras tricolor frisada.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Acabamento interno

Painel completo com conta-giros moderno e de fácil visualização.

Voltímetro e temperatura do óleo no console do câmbio de marchas.

Volante espumado 4 bolas, estilo esporte fino.

Bancos Recaro cinza esportivo, com encosto de cabeça nos bancos dianteiros e traseiros, bonitos e muito eficientes.

Como nada é perfeito não tinha vidros elétricos, só ganhou no ultimo ano nos modelos 1988 e 1989.

Ventilador e ar quente.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Ficha Técnica – Volkswagen Passat GTS Pointer 1.8 1987

Motor VW AP 1.8S.

Tração Dianteira.

Combustível Álcool.

Carburador.

Direção Simples.

Câmbio manual de 5 marchas.

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor na traseira.

Peso 970 KG.

Potência 99 CV oficialmente, na prática entregava em média 110 CV.

De 0 a 100 – 10,5  Segundos.

Velocidade máxima 175 KM/h.

Consumo Cidade 6,3 KM/L Estrada 9,9 KM/L.

Porta malas 362 Litros.

Carga útil 450 KG.

Tanque de combustível 60 Litros.

Preço atualizado aproximado – R$ 159.754,00.

Valor atualizado Aproximado – R$ 138.990,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.


Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Motor Tudo – Volkswagen Passat GTS Pointer 1.8 1987.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.joi

Passat antigo – Carros Clássicos brasileiros.


4 comentários

  1. Pedro Furquim

    Eu tenho um 81 e muito de bola confortável diferente de outros carro Volks que são mais e bem estavel em curvas acentuadas acima de de 100 por hora

  2. Jorge Luis dos Reis Rocha

    Meu pai teve um vermelho e eu aprendi a dirigir nele, o mesmo tinha uma performance muito boa, fazia 110km de 3° marcha, andava muito!

  3. Cícero Américo

    Muito bom saber da história desse modelo da VW. Realmente era um carro que tinha tudo para continuar no mercado. Cheguei a viajar em um desses. Muito confortável, além do que o motor era muito silencioso e o engate das marchas era preciso. Perfeito. Não abriria mão de ter um desses comparado a qualquer dos modelos atuais. É a minha opinião. Gostei demais !

Deixe uma resposta