Volkswagen Brasilia 1976 Ganha carburação dupla de série

carros dos anos 70 Volkswagen VW Brasilia

Volkswagen Brasilia 1976 Ganha carburação dupla de série e é iniciada a exportação para Nigéria

O Volkswagen Brasilia 1976 também recebeu um acabamento interno no mínimo curioso, bancos e acabamento de portas em vinil vermelho, pouca unidades foram produzidas, mas a maior mudança foi o sistema de carburação, até 1975 carburação dupla somente como opcional, em abril de 1976 todas a unidades produzidas passam a receber dupla carburação de série.

No mesmo ano nasce o Volkswagen Brasilia 4 portas, mas somente para exportação para Nigéria e Filipinas, rebatizado pela montadora como Volkswagen Igala.

Entre os meses de janeiro e dezembro foram emplacados em solo brasileiro 133.003 unidades, um número bastante respeitado, para um hatch compacto, produzido e comercializado em um país de terceiro mundo em época de regime militar.

A segunda metade da década de 1970, foi marcada pela explosão industrial, petrolífera e petroquímica no Brasil, operários que passaram a fazer parte de um novo seguimento social e financeiro, a chamada classe média baixa, pais e mães de família com renda fixa e direitos trabalhista, eram o público alvo da montadora alemã, para o Volkswagen Brasilia.

Abaixo segue Imagens do Volkswagen Igala

Desempenho

Para um hatch compacto, o motor VW Box 1600 refrigerado a ar, entregava um bom desempenho na cidade, com um baixo consumo de combustível 8,9 KM/L;

Na estrada era de desempenho modesto, de 0 a 100 em 20,2 segundos, em retomadas e ultrapassagens era de desempenho modesto;

A suspensão VW, ainda utilizava uma tecnologia da década de 1960, em curvas de alta com piso molhado era sempre bom o motorista ficar atento, a repentinas saídas de frente.

Imagens Webclassicos

Acabamento Externo

Cor verde Saara;

Frente com faróis redondos duplos na horizontal, frisos metálicos ao lado do logo “VW”;

Para – choques em finas lâminas de aço carbono, cromados;

Rodas de aço tradicionais da família Brasília, com calota preta de plástico ao centro;

Retrovisor metálico cromado, com ajuste manual;

Maçanetas cromadas;

Entrada de ar lateral para o motor;

Lanternas traseiras retangular de lente plana, bicolor, com luz de ré.

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Acabamento interno

Painel com mostradores básicos;

Forração do painel em madeira Jacaranda;

Volante de plástico injetado de dois raios;

Radio AM – opcional;

Acendedor de cigarros com aro luminoso;

Cinzeiro embutido no painel;

Porta – luvas sem tampa;

Cinzeiro embutido na parede lateral do banco traseiro;

Acabamento de bancos e portas em vinil, tecido aveludado opcional;

Assoalho e porta malas emborrachados.

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Ficha Técnica – Volkswagen Brasilia 1976

Carroceria hatch;

Porte Compacto;

2 portas;

Motor VW Box 1600 refrigerado a ar;

Cilindros 4 opostos;

Longitudinal;

Tuchos Mecânicos;

Tração Traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador duplo;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a tambor nas 4 rodas traseiras;

Peso 896 KG;

Potência 65 CV;

Potência Máxima 4600 RPM;

De 0 a 100 – 19,8 Segundos;

Velocidade máxima 130 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 8,9 KM/L – Estrada 11 KM/L;

Porta malas 140 Litros;

Carga útil Não informado;

Tanque de combustível 46 Litros;


Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos

Imagens Webclassicos


Motor Tudo – Volkswagen Brasilia 1976 – Volkswagen Igala

Carros Clássicos Brasil – Volkswagen Brasilia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *