Veraneio Luxo 74 a SUV da década de 1970

Até o final da década de 1960 ela era conhecida como C-1410 ou C-1416, veículo urbano preferencial das forças armadas brasileira, em 1970 foi reposicionada e rebatizada pela montadora como Veraneio

A versão Veraneio Luxo 74, era a top de linha dentro do seguimento SUV da Chevrolet, quem viveu as décadas de 1970 e 1980, sabe muito bem, que para um família ter um modelo de luxo 0 km na garagem, deveria pertencer a nata da sociedade, se as versões top de linha do modelo Opala já eram veículos de alto custo, imaginem uma Veraneio de luxo.

Lançada no Brasil em 1964 e desenhada por Luther Whitmore Stier, foi comercializada até o ano de 1969 como utilitário urbano exclusivo para o exército, órgãos públicos e empresas privadas.

Em 1970 foi reposicionada pela montadora como utilitário esportivo, e rebatizada de Chevrolet Veraneio, nas versões de entrada normalmente eram diretamente vendidas como utilitários públicos, serviço funerário, ambulância entre outros.

Mas as versões top de linha passaram a atender uma nova classe social que crescia no Brasil, famílias do alto escalão político e empresarial, com hábitos de viajar em fins de semana para o campo, Sítios e Chácaras. O grande problema era seu valor na hora da compra, conforme informado no final da ficha técnica da matéria.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mas se tratando de um modelo de grande porte, com freios a tambor nas 4 rodas e ainda com estrutura da década de 1960, era sempre bom ficar atento em curvas de alta.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet 4.3 de 6 cilindros, conseguia unir confiança, robustez e muita força em um mesmo carro.

Câmbio –  O câmbio manual de 3 velocidades, não tinha as relações muito curtas, os engates também não era muito precisos, principalmente em trocas rápidas de marcha, mas nada que afetasse diretamente o desempenho.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor com muito fôlego e uma boa posição de dirigir, era seguro e eficiente.

Consumo –  Para um motor de 6 cilindros de um utilitário a gasolina das décadas de 1960 e 1970, fazer 4,3 km/l na cidade, era considerado dentro dos padrões para a época.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes boleadas, embutido em uma moldura cromada;

Setas dianteiras – Embutidas acima do para – choque;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromadas;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Com frisos metálicos cromados e o logo “Chevrolet”;

Retrovisores Externos – Cromado, redondos;

Frisos – Pintura preta na extensão lateral;

Rodas – Rodas de aço da família de utilitários Chevrolet, com lindas calotas cônicas cromadas;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Chevrolet, na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Em cor única, exclusiva do modelo;

Bagageiro – Opcional;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em aço na cor da carroceria e detalhes cromados;

Volante – Esportivo de plástico injetado de dois raios com a gravata “Chevrolet” ao centro.;

Sistema de som – Opcional;

Ventilador – Não;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em Vinil;

Acabamento das portas – Em vinil, com detalhes cromados;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Emborrachado;

Porta-malas – Emborrachado;

Ficha Técnica – Veraneio Luxo 74

Carroceria – SUV;

Porte – Grande;

Portas – 4;

Motor –  4.3;

Cilindros – 6 em linha;

Posição – Longitudinal;

Peso Torque – 62,50 kg/kgfm;

Tração – Traseira;

Combustível – Gasolina;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 3 velocidades, alavanca na coluna de direção;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a tambor nas 4 rodas;

Peso – 2000 kg;

Comprimento – 5162 mm;

Distância entre-eixos – 2920 mm;

Potência – 151 CV;

Cilindrada – 4278 cm³;

Torque máximo – 32 kgfm a 2400 rpm;

Potência Máxima – 3800 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 18,3 Segundos;

Velocidade máxima – 142 km/h;

Consumo: Cidade 4,3 km/l – Estrada 5,8 km/l;

Autonomia: Cidade 301 km – Estrada 406 km;

Porta malas – 1607 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 70 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 178.102,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

3 comentários sobre “Veraneio Luxo 74 a SUV da década de 1970”

  1. Parabéns! Mais um carro muito lindo, magnificamente conservado. É de encher os olhos mesmo.
    Por favor, gostaria apenas que me tirassem uma dúvida: como se dava o funcionamento da ventilação nesse belo automóvel, já que não vejo as saídas de ar no painel? Como consta na Ficha Técnica, a existência de ar quente, me ocorreu essa pergunta. Infelizmente, que eu me lembre, não entrei numa Veraneio na vida. Agradeço pela atenção, desde já.

Deixe uma resposta