Veraneio antiga, O SUV de luxo que virou um clássico de alto custo

Veraneio antiga
Compartilhe

Veraneio antiga ou SUV Clássico, chegou ao mercado em 1969, com o nome de C-1419, um upgrade do Chevrolet Amazona “Furgão/Lotação”. A intenção da montadora era buscar um mercado com um público mais selecionado, empresários da zona rural e região urbana, deixar seu modelo definitivamente posicionado como um utilitário família/Camp ao estilo de veículos norte-americanos.

Mas para um país de terceiro mundo, onde a maior porcentagem da população ainda era rural, o modelo acabou mesmo sendo utilizado em larga escala em serviços públicos, ambulância, serviços funerários, bombeiro/resgate, e etc. E logo no início da década de 1970 foi rebatizado de Chevrolet Veraneio.

Mas ainda na primeira metade da década de 1970, a montadora faz uma nova tentativa para alcançar o público classe “A”, o mesmo que já compravam as versões top de linha da família Opala, Ford Galaxie e Família Dodge. Lançando o Veraneio Luxo a mesma versão que a da nossa matéria.

O modelo entregava de série, pintura metálica, bancos aveludados, pneus mais largos, direção hidráulica e opcional para ar-condicionado, uma unidade zero km em valores atualizados custava em média R$ 385.000,00, mesmo assim as vendas foram modestas. Mantendo a maior porcentagem da produção para serviços públicos na versão Standard.

Hoje se tornou um colecionável, muito procurado, estando em ótimo estado de conservação com um boa porcentagem de originalidade, o preço do exemplar pode chegar fácil aos R$ 200.000,00. Modelos na versão Luxo, para fazerem parte de uma cervo ficam cada vez mais raros, o motivo foi a pequena quantidade de unidades zero km emplacadas.

O exemplar da nossa matéria Veraneio antiga, é a versão Luxo, equipado com o motor 4.3 de 6 cilindros a gasolina, entregando 151 cv, torque máximo de 32,1 kgfm a 2400 rpm, velocidade final real de 140 km/h e aceleração de 0 a 100 em 22,7 segundos. Quanto ao consumo, na cidade 4,5 km/l e na estrada 6 km/l.

Acabamento Externo

Faróis – Redondos de lentes boleadas, embutidos em uma moldura cromada;

Setas dianteiras – Embutidas na carroceria abaixo dos faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromados;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Cromada com frisos na horizontal;

Retrovisores Externos – Com haste;

Frisos – Faixa preta em toda a extensão lateral do veículo;

Rodas – De aço com calotas cromadas, tradicionais da família Chevrolet;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Veraneio”, na lateral do para-lama traseiro;

Lanterna Traseira – Em cor única;

Bagageiro – Opcional;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em aço, courvin e aplique em madeira jacarandá;

Volante – De dois raios, com meia lua cromada para acionamento da buzina;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Opcional;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Sim;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em tecido aveludado;

Acabamento das portas – Em Courvin;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Veraneio antiga – A versão Luxo – Ano 1978

Carroceria – GM SUV/Van antiga;

Porte – Grande;

Portas – 4;

Motor –  4.3 Cód 261;

Cilindros – 6 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 151 cv;

Peso Torque – 62,3 kg/kgfm;

Cilindrada – 4278 cm³;

Torque máximo – 32,1 kgfm a 2400 rpm;

Potência Máxima – 3800 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples – Opcional hidráulica;

Câmbio – Manual com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a tambor nas 4 rodas;

Peso – 2000 kg;

Suspensão dianteira – Independente, Braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Comprimento – 5162 mm;

Distância entre-eixos – 2920 mm;

Largura – 1976 mm;

Altura – 1730 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 18,3 Segundos;

Velocidade máxima – 142 km/h;

Consumo: Cidade 4,3 km/l – Estrada 5,8 km/l;

Autonomia: Cidade 301 km – Estrada 406 km;

Porta malas – 1607 Litros;

Carga útil – 500 kg;

Tanque de combustível – 70 Litros;

Valor atualizado Aproximado –  R$ 368.00,00 – Preço pessoa física;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário