Puma 1979, o maior pico de vendas de sua história, 3.595 unidades emplacadas

Compartilhe

O esportivo Puma 1979, em todas as suas versões, bate seu maior recorde de vendas em 12 meses, foram 3.595 unidades vendidas no último ano da década de 1970. Entre 1974 e 1980 foi a época de ouro da empresa, quando emplacou em seis anos 12.925 veículos.

As vendas foram alavancas com a chegada de duas novas configurações, em 1974 o Puma GTB com a plataforma Opala. E em 1975/76 os modelos refrigerados a ar, recebem a plataforma com o motor do Volkswagen Brasília, originalmente o motor entregava 60 cv, e a distância entre eixos era de 2400 mm.

Mas a montadora Puma adaptava para uma configuração mais esportiva, o motor Boxer ganhava um sistema de alimentação mais eficiente e com algumas mudanças no propulsor a potência saltava para 70 cv. A distância entre eixos era reduzida para 2150 mm, dando mais equilíbrio ao carro em curvas de alta, e em altas velocidades em retas.

Entre os anos de 1976 e 1980, houve um engarrafamento na logística da montadora. Com uma estrutura pequena, natural de toda um empresa fora de série da época, as encomendas se acumulavam. A espera por uma unidade zero km de qualquer versão, chegava até 6 meses.

O grande número de encomendas se dava a qualidade do projeto, mesmo utilizando motores VW Boxer 1600 refrigerados a ar, o carro era rápido, ágil e equilibrado. Outro fator foram as fronteiras comerciais fechadas para importação. Aliado ao status que o carro oferecia, custando em valores atualizados algo próximo do preço de um SUV médio porte. Era um literalmente um esportivo ao alcance de poucos.

O exemplar da nossa matéria é um Puma 1979, na versão GTS, carroceria conversível. Equipado com o motor Boxer 1600 refrigerado a ar de 70 cv, torque máximo de 12,3 kgfm a 3000 rpm, velocidade final real de 158 km/h e aceleração de 0 a 100 em 16,7 segundos. Quanto ao consumo, na cidade 11 km/l e na estrada 13 km/l.

Acabamento Externo

Faróis – Redondos de lentes planas embutidos com recuo;

Setas dianteiras – Posicionadas abaixo dos para – choques;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria, com friso emborrachado;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Entradas de ar forçado na parte superior da tampa do motor;

Retrovisores Externos – Estilo panorâmico com ajuste mecânico interno;

Frisos – Não;

Rodas – Rodas de liga – leve 185/70 R14;

Maçanetas – Embutidas;

Logo – “Puma GT”, Na tampa do motor;

Lanterna Traseira – Bicolor fumê com luz de ré, montada na posição horizontal;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não – Veículo conversível;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com diversos mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Com forração em couro;

Volante – Esportivo de três raios, com acabamento em couro;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Opcional;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Mecânico interno;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em couro;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Embutido nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Puma 1979 – Versão GTS – Carroceria Conversível

Carroceria – Puma Conversível;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  VW Boxer 1600;

Cilindros – 4 opostos horizontalmente;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 70 cv;

Peso Torque – 63,8 kg/kgfm;

Cilindrada – 1584 cm³;

Torque máximo – 12,3 kgfm a 3000 rpm;

Potência Máxima – 4700 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 785 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braço arrastado – Barra de torção;

Suspensão traseira – Independente, semi-eixo oscilante – Barra de torção;

Comprimento – 4000 mm;

Distância entre-eixos – 2150 mm;

Largura – 1665 mm;

Altura – 1200 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 16,7 Segundos;

Velocidade máxima – 158 km/h;

Consumo: Cidade 11 km/l – Estrada 13 km/l;

Autonomia: Cidade 451 km – Estrada 533 km;

Porta malas – 50 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 41 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 245.725,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Puma 1979
Puma 1979

Deixe um comentário