Passat LSE 1978 1.6 Dacon com jeitão europeu

Passat quadrado Volkswagen

Durante as décadas de 1970/1980 se você quisesse tunar seu carro ou simplesmente transforma-lo em um outro modelo, o destino certo era a Dacon.

Um ótimo exemplo foi o Passat LSE 1.6 Dacon, que ficou com cara de um europeu dos anos 60/70. era especialista em transformações de carros, de várias marcas e modelos, mas nenhum foi tão positivamente explorado quanto o VW Passat Quadrado, no Brasil o MK1, não veio nas versões SW, sedã três volumes e picape, e Hatch, mas a Dacon deu um jeitinho e deixou tudo muito melhor.

Para muitos o Passat Quadrado na versão tradicional, foi o modelo que melhor se adaptou as mudanças Dacon, volante esportivo, mostradores no painel diferenciados, ar- condicionado, direção hidráulica, bancos de couro, teto solar, rodas de Variant II, spoiler abaixo do para – choque dianteiro, dando um visual mais esportivo e bem a frente de suas época.

Desempenho – com motor VW BS 1.6

Equipado com o motor BS 1.6, um antecessor do MD-270, o modelo entregava bons 96 CV de força, indo de 0 a 100 em 15 segundos, um número considerado bastante razoável para o final da década de 1970, para um modelo de médio porte;

O câmbio de 4 marchas de relações curtas, dava ao carro um ar todo esportivo, com engates macios e precisos;

A conjunto carroceria, chassis/bloco e suspensão, deixava o Passat como o carro nacional mais equilibrado e estável.

Acabamento Externo – Dacon LSE 1.6 1978

Frente com faróis redondos duplos na horizontal de lentes boleadas;

Grade de ar do motor frisada preta na horizontal;

Para choques pretos, em finas lâminas de aço carbono;

Setas dianteiras embutidas no para – choque;

Faróis de neblinas, posicionados abaixo do para – choque;

Spoiler preta abaixo do para – choque dianteiro;

Repetidor de setas nas laterais;

Rodas de aço da Variant II, com as tradicionais calotas pretas ao centro;

Retrovisor satélite, com controle elétrico interno;

Maçanetas pretas;

Teto solar;

Lanternas traseiras tricolor família Passat MK1;

Logo Dacon na tampa traseira do porta – malas;

Acabamento Interno

Painel tradicional família Passat MK1, com conta – giros, relógio analógico, pressão do óleo, voltímetro, entre outros;

Volante de três raios com acabamento em couro costurado a mão;

Ventilador de três velocidades;

Ar quente;

Ar – condicionado;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro;

Rádios toca fitas AM/FM Pioneer com equalizador;

Vidros e travas elétricas nas 4 portas;

Ajuste dos retrovisores elétrico;

Bancos e portas com forração em couro;

Bancos dianteiros com encosto de cabeça embutido.

Banco traseiro com apoio para braço;

Assoalho e porta – malas acarpetados.

Ficha Técnica – Passat LSE 1.6 1978

Carroceria MK1;

Porte médio;

4 portas;

Motor VW BS 1.6;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânico;

Tração dianteira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Hidráulica;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 984 KG;

Potência 96 CV;

Potência Máxima 6100 RPM.

De 0 a 100 – 15 Segundos;

Velocidade máxima 158 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 9 KM/L – Estrada 12 KM/L;

Porta malas 362 Litros;

Carga útil 350;

Tanque de combustível 45 Litros;

Preço atualizado Não informado;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Passat LSE 1.6 1978 Dacon

Carros Clássicos Brasil – Passat Quadrado

5.0
02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *