Passat LS 1982 o último motor BR 1.5

Passat LS 1982 o último motor BR 1.5, produzido em abril de 1982

Em 1981 iniciou a transição do Motor BR para o MD – 270, em abril de 1982 saíram da linha de montagens os últimos Passat LS 1982 1.5 motor BR a álcool

Em maio de 1982 toda a família Passat, passou a ser equipada com o motor 1.6 MD – 270 nas versões a álcool e gasolina, o Passat LS 1982 1.5 motor BR, em abril. suas ultimas unidades produzidas eram todos com motor a álcool.

O Voyage e a Parati de 1982, ainda utilizava o motor BR 1.5, o sedã e a SW compacta só receberam upgrade para o motor MD – 270 1.6 em 1983.

A versão do motor BR 1.5, marcou a história do Passat, mesmo ainda sendo a primeira geração dos motores VW no Brasil refrigerado a água, fez sucesso entre os fãs da montadora, era um motor de fácil manutenção, baixo consumo de combustível “para a época”, com um tempo de vida útil relativamente longo, mas sua principal qualidade era a elasticidade, que faltava aqui no Brasil para os carros da época de médio e pequeno porte, os modelos Ford Corcel e Chevrolet Chevette, tinham motores com desempenho próximos, mas perdiam na elasticidade e na agilidade na estrada em relação a engenharia do motor VW BR 1.5.

Desempenho

Para o início dos anos 1980, o Passat equipado com motor BR 1.5 a álcool, tinha um consumo que agradava o proprietário, na cidade fazia em média, 8 KM/L, que para um modelo a álcool podemos considerar um grande feito;

Na estrada a estrutura do Passat, favorecia muito seu desempenho, pesando menos de 1 tonelada, uma aerodinâmica a frente de seu tempo, e um equilíbrio perfeito entre carroceria e bloco, o restante do trabalho ficava para o eficiente motor BR 1.5.

Na cidade era ágil, e divertido de dirigir.

Acabamento Externo

Pintura Cinza Carrara;

Frente com faróis retangulares de lente plana, embutidos em um mesmo conjunto com as setas;

Grade de ar do motor, com finos frisos horizontais;

Para- choques retangulares, em aço carbono cromados, com friso emborrachado;

Cantoneiras dos para – choques em plástico, estendidas até as rodas;

Friso em toda extensão lateral do carro;

Rodas de aço tradicionais família Passat e BX, com calota preta de plástico ao centro;

Retrovisores em vinil preto, com ajuste manual, apenas no lado do motorista, o retrovisor do lado do passageiro era opcional;

Lanterna traseira tricolor, com luz de ré.

Acabamento interno

Painel em vinil, com mostradores básicos + relógio analógico ao centro;

Volante espumado de dois raios, tradicional família Passat;

Ventilador de três velocidades;

Afogador para partida a frio;

Acendedor de cigarros;

Rádio AM/FM;

Bancos com acabamento em tecido aveludado;

Encosto de cabeça com regulagem, nos bancos dianteiros;

Cinzeiro embutido no painel;

Acabamento das portas em vinil;

Acionamento dos vidros manual, basculante;

Assoalho e porta malas, acarpetados.

Ficha Técnica – Passat LS 1982 – 1.5 BR a álcool

Carroceria VW MK1;

Porte Médio;

2 portas;

Motor BR 1.5;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração dianteira;

Combustível Álcool;

Carburador;

Direção simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 914 KG;

Potência 78 CV;

Potência Máxima 6100 RPM.

De 0 a 100 – 17,5 Segundos;

Velocidade máxima 150 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 8 KM/L – Estrada 11 KM/L;

Porta malas 362 Litros;

Carga útil Não informado;

Tanque de combustível 45 Litros;

Motor Tudo – Passat LS 1982

Passat Quadrado – Carros Clássico BrasilPassat Antigo

2 comentários sobre “Passat LS 1982 o último motor BR 1.5”

  1. Bom dia, esse carro foi do meu pai, Passat bastante original e muito bem preservado. Sucesso aos novos proprietários. Parabéns pelo zelo com esse clássico e também pelo ótimo texto. Douglas de Almeida, colecionador, consultor automotivo e mecânico de aeronaves. E-mail pumaclubdirtec@yahoo.com.br

Deixe uma resposta