Passat GTS Pointer 1.8 1984 o Primeiro ano do motor MD-280 1.8

Compartilhe

O esportivo mais perfeito da década de 1980 nasceu com o motor 1.6 MD-270

No segundo semestre passou a ser equipado com o motor 1.8 MD-280 1,8 e câmbio 4 marchas, o AP 1.8 só chegou em 1985 já com a linha de para – choques envolvente e novo painel.

Para quem ainda não sabe, até junho de 1984 o Passat GTS Pointer era equipado com o motor MD-270 1.6, mas na segunda metade de 1984, aversão esportiva ganhou o motor MD-280 1.8 aos moldes do GOL GT 1.8.

Até 1983 o esportivo da Volkswagen era o Passat TS 1.6, que fez um grande sucesso desde a década de 1970, e foi equipado com os motores BS 1.6 e MD-270 1.6, na prática era o mesmo modelo de motor refrigerado a água do início da década de 1970, mas que recebeu ao longo dos anos, importantes e eficientes atualizações, “Motor, BR, BS, MD até a primeira geração do AP em 1985.

No ano de 1984 um grande número de modelos e versões receberam o novo motor, a família Santana, Passat GTS Pointer 1.8, e o Gol GT 1.8.

Mas no mesmo ano a montadora detectou um sério problema no MD -280 1.8, em rotações o motor vibrava mesmo com câmbio 5 marchas.
Suas bielas eram muitos curtas, de 136 mm, e o virabrequim tinha curso maior. Em 1985 o problema foi resolvido, instalaram bielas maiores, de 144 mm, pistões de maior diâmetro e virabrequim com menor curso, assim nasce no Brasil, a primeira geração dos motores AP 1.8 e em 1986 os motores AP 1.6.

Considerado o carro com o conjunto mais perfeito do Brasil, entre os anos 1970 e 1980, a versão esportiva GTS Pointer 1.8, transformou a modelo no esportivo mais perfeito do Brasil, o mais rápido e mais equilibrado, além de uma manutenção descomplicada.

Desempenho. 

A nova versão do motor VW refrigerado a água, o MD-280 1.8, era mais elástico e com um tempo de vida útil maior que de seus antecessores, o câmbio 4 marchas de relações curtas, e a quarta mais alongada, dava ao Pointer uma esportividade maior.

O conjunto, suspensão, bloco e carroceria, era extremamente eficiente, em retas, e em velocidades acima de 140 km/h era bastante estável, em curvas de alta mesmo com piso molhado entregava muita estabilidade.

Na cidade o modelo de câmbio 4 marchas, era o carro mais ágil do Brasil, superando até mesmo o Gol GT 1.8.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.


Acabamento Externo.

Frente com faróis duplos, quadrados, embutidos com recuo.

Para-choques em aço carbono, cromados, com friso emborrachado.

Setas dianteiras embutidas no para-choque.

Spoiler abaixo do para-choque dianteiro.

Retrovisores satélites, com controle manual interno.

Friso emborrachado lateral.

Rodas de liga-leve tradicionais da linha Passat e BX, as tradicionais rodas GT eram opcionais, só passaram a ser de série no segundo semestre de 1984.

Logo GTS Pointer, na tampa do porta malas.

Logo GTS na lateral do para-lama dianteiro.

Lanterna traseira tricolor.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.


Acabamento Interno

Painel com mostradores redondos + conta-giros, de fácil visualização.

Volante anatômico, esportivo estilo GT.

Console com diversos mostradores + rádio AM/FM.

Acabamento das portas.

Ventilador de três velocidades.

Ar-quente.

Vidros com acionamento manual, basculante.

Botão de regulagem mecânico do retrovisor.

Bancos esportivos Recaros.

Banco traseiro com encosto de cabeça e apoio de braço.

Porta- malas com forração de borracha.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Ficha Técnica – Passat GTS Pointer MD-280 1.8 e MD – 270 1.6 1984

Motor MD-280 – 1.8

Carroceria Sedã.

Porte Médio.

Duas portas.

Motor MD-280 1.8.

Cilindros 4 em linha.

Tuchos mecânicos .

Tração dianteira.

Combustível Gasolina.

Carburador.

Direção Simples.

Câmbio manual de 4 marchas e a partir de 1985 câmbio manual de 5 marchas.

Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.

Peso 980 kg.

Potência 99 cv.

De 0 a 100 – 13 Segundos.

Velocidade máxima 173 km/h.

Consumo Cidade 7,4 km/l Estrada 10,7 km/l.

Porta malas 362 Litros.

Carga útil Não informado.

Tanque de combustível 60 Litros.

Preço atualizado aproximado R$ 123.128,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor MD – 270 1.6

Carroceria Sedã.

Porte Médio.

Duas portas.

Motor MD-270 1.6.

Cilindros 4 em linha.

Tuchos mecânicos .

Tração dianteira.

Combustível Gasolina.

Carburador.

Direção Simples.

Câmbio manual de 4 marchas e a partir do segundo semestre câmbio manual de 5 marchas.

Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.

Peso 980 kg.

Potência 81 cv.

De 0 a 100 – 15,1 Segundos.

Velocidade máxima 160 km/h.

Consumo Cidade 8,6 km/l Estrada 11,8 km/l.

Porta malas 362 Litros.

Carga útil Não informado.

Tanque de combustível 60 Litros.

Preço atualizado aproximado R$ 115.823,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.


Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.

Imagens Século 20 Veículos Antigos.


O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Passat Antigos


Deixe um comentário