Passat antigo, já custa mais que as versões top de linha do Nivus e T-Cross zero km

Compartilhe

O Passat antigo da nossa matéria, é o mais valorizado no mercado dos colecionadores, a versão GTS Pointer 1988/89, em seu ultimo ano de produção. Foi considerado entre 1974 e 1989 o esportivo mais perfeito do Brasil e a plataforma mais equilibrada.

Ganhou no passar dos anos uma legião de fãs. Nos meses que antecederam o fim da produção muitos se indignaram, até as principais revistas automotivas da época, fizeram matéria com títulos como. “Vão matar o Passat você concorda”?

No início da década de 1990 com a nova tendência que começou a surgir no mercado, o Passat antigo, se tornou alvo de colecionadores e restauradores profissionais. Hoje uma unidade em ótimo estado de conservação, que tenha passado por um processo classe “A” de restauração, ou que ainda esteja em estado de zero km, pode custa mais que as verões top de linha de muitos SUV’s zero km.

Uma unidade do Passat antigo para colecionadores, chega fácil ao preço entre R$ 165.000,00 e R$ 180.000,00. Já um Volkswagen Nivus Zero km na versão top de linham custa em média R$ 134.920,00, o Volkswagen T-Cross em sua versão mais cara, o preço em média é de R$ 158.350,00. Isso mostra que o mercado dos colecionáveis fica cada vez mais valorizado e se torna um interessante investimento.

A unidade da nossa matéria, é um VW Passat antigo, na versão GTS Pointer 1.8 do ano de 1988, equipado com o motor AP 1.8 a álcool, de 99 cv, torque máximo de 14,9 kgfm a 3600 rpm, velocidade final real de 175 km/h e aceleração de 0 a 100 em 10,9 segundos. Quanto ao consumo, na cidade fazia 6,3 km/l, e na estrada 9,9 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Faróis de lentes quadradas, duplos na horizontal, embutidos em uma moldura cromada;

Setas dianteiras – Embutidas no para-choque;

Para – choques –  Envolventes na cor preto, com um vinco vermelho acompanhando, os acabamento dos frisos laterais;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Em lâminas na horizontal na cor grafite, com o logo “1.8”;

Retrovisores Externos – Panorâmicos com ajuste mecânico interno;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão do carro, com o logo “GTS Pointer”;

Rodas – De estilo GT 185/60 R14;

Maçanetas – Na cor grafite;

Logo – “Passat 1.8 Pointer”, Na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Frisadas tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular – Também posicionados no console da alavanca de marchas;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil em tons grafite;

Volante – Espumado, de 4 raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Opcional;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Interno mecânico;

Acabamento dos bancos – Recaro em tecido com estampa exclusiva;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido aveludado;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Com encosto de cabeça para dois passageiros, e apoio para o braço;

Encosto de cabeça – Para quatro passageiros, sendo nos bancos dianteiros com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Passat antigo – Na versão GTS pointer do ano de 1988

Carroceria – VW Cupê;

Porte – Médio;

Portas – 2;

Motor –  Ap-1800-S;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Álcool;

Potência – 99 cv;

Peso Torque – 65,1 kg/kgfm;

Cilindrada – 1781 cm³;

Torque máximo – 14,9 kgfm a 3600 rpm;

Potência Máxima – 5600 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 970 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo de torção – Mola helicoidal;

Comprimento – 4562 mm;

Distância entre-eixos – 2470 mm;

Largura – 1600 mm;

Altura – 1355 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 10,9 Segundos;

Velocidade máxima – 175 km/h;

Consumo: Cidade 6,3 km/l – Estrada 9,9 km/l;

Autonomia: Cidade 378 km – Estrada 594 km;

Porta malas – 362 Litros;

Carga útil – 450 kg;

Tanque de combustível – 60 Litros;

Valor atualizado Aproximado –  Não informado;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário