Parati S AP 1600 1986 – A Perua pé de boi mais potente e com melhor estabilidade até 1987.

Compartilhe

Em 1986 sem a menor sombra de duvidas a Perua com o acabamento mais simples, era a Parati, o famoso pé de boi, equipada com motor AP 1600 e uma estrutura e uma suspensão muito estável e eficiente, que a transformou na mais vendida do Brasil.

A versão S da Parati em 1986 anida utilizava o câmbio 4 marchas, que não agradava muito os fãs da montadora alemã, mesmo assim era a SW compacta mais desejada do Brasil.

Por que a insistência no câmbio 4 marchas ainda em 1986?

A montadora alemã ainda tinha um público com dois perfis que levavam a manter o câmbio 4 marchas, e consequentemente aumentar seu faturamento, tendo em vista que o preço de produção seria mais em conta.

  • O primeiro público eram os remanescentes da família VW 1600, Variant II e Brasilia, que até 1986 eram em grande número, ou ainda possuíam seus carros refrigerados a ar ou acabara de se desfazer, o mesmo público ao chegar em uma concessionária e se depararem com um carro tão avançado e potente, o que menos se preocupariam era com o câmbio.
  • O segundo público eram os consumidores de GOL a ar, Voyage com motor BR 1.5 e MD-270 e Parati MD-270, que já eram adaptados ao câmbio e quando se depararam com o novo motor AP, viram uma evolução significativa.

Nas versões S e Plus o câmbio era 4 marchas, na versão LS dede 1985 ainda com motor MD -270 e 1986 já com AP, o câmbio era 5 marchas, como opcional.

Desempenho.

Na cidade era simplesmente incrível o câmbio 4 marchas, fazia com que a pequena perua VW fosse muito ágil e precisa em retomadas, câmbio macio e muito preciso nos engates.

Motor muito eficiente mesmo com carga máxima subia ladeiras e serras sem perder o desempenho, definitivamente era a SW compacta mais potente do país.

Na estrada ia de 0 a 100 em 13 segundos, uma ótima marca para um utilitário, mesmo com o câmbio 4 marchas que após 100 KM/h pedia a quinta que não existia, ela chegava a 140 KM/h fácil, fácil, e atingia velocidade final real de 160 Km/h.

Eu dirigi uma zero KM por algum tempo, e realmente era incrível o desempenho, mesmo faltando a quinta marcha ela chegava a velocidades de 140 Km/h sem o motor oferecer qualquer resistência.

Eu me lembro de estar dirigindo em uma estrada estreita e comecei a acelerar, quando dei por mim o carro já estava a mais de 140 KM/h e meu primo no banco de passageiros começou a gritar, “para, para a estrada ta acabando” foi ai que fiz outra observação muito interessante, que eram os freios, muito eficientes e precisos mesmo em altas velocidades, pararam o carro sem travar as rodas.

Acabamento Externo. –

Na verdade a Parati dos anos 80 era uma Passat Variant alemão dos anos 70, com dimensões reduzida.

  • Faróis com seta embutidas na lateral.
  • Logo 1.6 na grade dianteira.
  • Rodas de aço de toda a linha BX básica Volkswagen.
  • Lanternas traseiras herdadas do Passat Variant alemão dos anos 70.
  • Retrovisores, simples com regulagem manual.
  • Para-choques em laminas de aço na cor grafite.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Acabamento interno.

  • Painel quadrado herdado da Variant II.
  • Mostradores de nível de combustível, temperatura do motor e velocímetro.
  • Ponteiros dos mostradores em vermelho desde 1985, em 1984 eram laranjas e em 1982 e 1983 eram brancos.
  • Bancos da linha BX com encosto de cabeça com regulagem.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.


Ficha Técnica.

  • Motor AP 1600.
  • 85 CV de força.
  • De 0 a 100 em 12,5 Segundos, esse é o tempo oficial, mas com jeitinho ela fazia em 11,5.
  • Velocidade máxima 165 Km/h.
  • Peso 950 KG, um ótimo peso para uma SW.
  • Consumo Cidade 7,7 KM/L  Estrada 12 KM/L a Álcool.
  • Preço aproximado atualizado R$ 49.000,00.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.

Imagens Século 20 veículos e raridades.


Motor Tudo – Volkswagen Parati S AP 1600 – 1986.

Carros dos anos 80 – Carros Clássicos Brasil.

Deixe um comentário