Opala SS 4.1 6cc 1974 um esportivo acima da média

Chevrolet Opala

Em 1974 o visual do coupé esportivo da Chevrolet era imbatível, e marcou o último ano do SS 4.1 de 140 CV

A versão Opala SS 4.1 6cc 1974, tinha um visual deslumbrante para um esportivo da década de 1970, também marcou o último ano da versão SS com 140 CV de força, no ano seguinte em 1975 passaria a ser equipado com o mesmo motor Chevrolet 4.1 de 6cc mas já com 171 CV.

Andando na contra mão do mercado nacional e das demais montadoras, no auge da crise do petróleo entre 1975/1976, em quanto a potência dos motores eram diminuídos, a pedido do governo Geisel, a Chevrolet simplesmente aumentou a potência do Opala SS de 140 CV para 171 CV ganhando 16 Km/h a mais em velocidade final e 3 segundos mais rápido de 0 a 100.

Mesmo com 140 CV, o Opala SS de 1974, era o esportivo nacional mais equilibrado, ao contrário dos poderosos Dodges e Ford Maverick, que tinham motores muito grandes, eram beberrões compulsivos e tinham problemas de distribuição de peso, o coupé Chevrolet entregava uma relação custo benefício muito mais atraente para os consumidores da época.

Desempenho

O motor Chevrolet 4.1 de 140 CV, entregava um bom desempenho na cidade, aliado a confiabilidade e segurança.

Na estrada tinha uma boa velocidade de cruzeiro, se mantendo por longos períodos em velocidades acima de 140 KM/h sem oscilações.

O conjunto carroceria, chassis e suspensão, aliados a uma ótima distribuição de peso, dava ao carro um ótimo desempenho em curvas de alta e em retas em altas velocidades.

Acabamento Externo

Frente com faróis redondos e lentes boleadas, embutidos em moldura na cor grafite.

Setas dianteiras embutidas nos para – lamas.

Grade de ar dianteira bipartida em alumínio, com o logo “Opala SS”.

Logo “4100” no para – lama dianteiro.

Para – choques em lâminas de aço carbono cromados.

Faixa lateral preta com o logo “SS” na frente e “Opala” atrás.

Rodas de liga leve, estilo enraiadas.

Retrovisor metálico, cromado, com ajuste manual.

Lanterna traseira em cor única.

Luz de ré abaixo do para – choque.

Acabamento Interno

Painel em vinil, com contadores em escala circular + conta – giros.

Volante esportivo de plástico injetado de três raios, com o logo “SS” no centro.

Rádio Chevrolet AM.

Ventilador.

Ar – quente.

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutidos no painel.

Acabamento de bancos e portas em vinil.

Acionamento dos vidros, manual basculante.

Assoalho e porta malas emborrachados.

Ficha Técnica – Opala SS 4.1 6cc 1974

Carroceria coupé.

Porte Grande.

2 portas.

Motor Chevrolet 4.1.

Cilindros 6 em linha.

Longitudinal.

Tuchos Hidráulicos.

Tração traseira.

Combustível Gasolina.

Carburador.

Direção Simples.

Câmbio manual de 4 marchas.

Embreagem monodisco a seco.

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras.

Peso 1100 KG.

Potência 140 CV.

Potência Máxima 4000 RPM.

De 0 a 100 – 13,5 Segundos.

Velocidade máxima 174 KM/h.

Consumo Consumo na Cidade 5 KM/L – Estrada 7,5 KM/L.

Porta malas 430 Litros.

Carga útil – não informado.

Tanque de combustível 55 Litros.

Preço atualizado R$ 120.112,00.

Motor Tudo – Opala SS 4.1 6cc 1974

Carros Clássicos Brasil – Opala

Opala SS 4.1 6cc 1974 um esportivo acima da média
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *