Opala SS 4.1 1980 incríveis 190 KM/h reais, ultimo ano de produção

Opala SS 4.1 1980 incríveis 190 KM/h reais, seguro e confortável, o último ano de produção do esportivo mais rápido do Brasil

Após 9 anos de produção o modelo esportivo da família Chevrolet se despede do mercado, com a versão Opala SS 4.1 1980, a montadora ainda chegou a fabricar algumas unidades como modelo 1981, mas hoje são mais raros que mosca branca de olhos azuis, durante as décadas de 1970, 1980 e até a primeira metade da década de 1990, a industria automobilística brasileira não produziu nada tão rápido e confortável.

O Opala SS de 1980 também ganhou nova frente quadrada e novas lanternas traseiras, e acabou se tornando um dos carros mais raros e colecionáveis do Brasil.

o fim da versão esportiva, se deu com o a chegada do novo membro da família, o badalado Opala Diplomata, a montadora precisava abrir espaço na linha de produção e em toda a logística da empresa, além do projeto da nova linha de médios de luxo e esportivo, a família “Monza” pronta no forno, a montadora direcionou as versões do opala para o mercado executivo, cnpj, público e para classe alta, já projetando as novas tendências de mercado.

Desempenho

O motor Chevrolet 4.1 de 6 cilindros, conseguia enregar força e muita agilidade, com um torque suave mesmo em altas rotações;

A capacidade de ir de 0 a 100 em apenas 11,7 segundos mesmo pesando mais de 1200 KG, chamava a atenção;

A velocidade de cruzeiro era outro atributo do Opala SS, conseguia se manter por longos períodos em velocidades acima de 160 Km/h, sem oscilações;

O sistema de direção hidráulica, dava conforto em manobras na cidade, segurança e precisão na estrada;

Em curvas de alta e em pisos escorregadios, mantinha uma ótima estabilidade, mesmo com uma suspensão macia;

O câmbio 4 marchas, era de engates precisos e confortável, deixando o Opalão divertido de dirigir.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento Externo

Frente com faróis quadrados, embutidos em um mesmo conjunto com a seta;

Grade de ar preta, com frisos na horizontal, e a gravata Chevrolet embutida;

Para – Choques em lâminas de aço carbono, pintados na cor do carro, com friso emborrachado na frente;

Faixa preta em toda a extensão lateral, com o logo SS, dando um visual todo esportivo ao carro;

Retrovisores de plástico, com ajuste manual;

Rodas de liga – leve 195/70 R14;

Maçanetas na cor grafite;

Grandes e eficientes lanternas traseiras bicolor, com luz de ré;

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento Interno

Painel com mostradores redondos, conta – giros, voltímetro, relógio analógico entre outros;

Volante esportivo de três raios, com forração em couro costurado a mão;

Rádio toca – fitas AM/FM, Roadstar;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no painel;

Ventilador;

Ar – quente;

Acabamento das portas em vinil;

Acionamento dos vidros, manual basculante;

Acabamento dos bancos em tecido plástico;

Bancos dianteiros com encosto de cabeça embutido;

Assoalho acarpetado.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica

Carroceria Coupé;

Porte Grande;

2 portas;

Motor Chevrolet 4.1 Código 250S;

Cilindros 6 em linha;

Longitudinal;

Tuchos Hidráulicos;

Tração Traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Hidráulica;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 1236 KG;

Potência 171 CV;

Potência Máxima 4800 RPM;

De 0 a 100 – 11,7 Segundos;

Velocidade máxima 190 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 6 KM/L – Estrada 8 KM/L;

Porta malas 430 Litros;

Carga útil Não Informado;

Tanque de combustível 65 Litros;

Preço atualizado R$ 135.985,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.


Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection


Motor Tudo – Opala SS 4.1 1980

Carros Clássicos Brasil – Opala

4 comentários sobre “Opala SS 4.1 1980 incríveis 190 KM/h reais, ultimo ano de produção”

      1. Os preços que não são nada encorajadores. Vi Dodges V8, os mais baratos, faz um tempo, por 40 Mil Reais. Tinha outros por 180, 200. Tudo muito caro, para meu bolso de classe média. Os preços de carros clássicos andam estratosféricos!!!

  1. Meu sonho de vida era o Opala. Quase comprei um 6 cilindros, mas como já comentei aqui, o seguro, nos anos 1990 era elevado, porque o índice de furtos do veículo era alto. Hoje em dia, precisaria procurar um em bom estado. Acho que nunca repeti um carro, sempre procuro experimentar modelos novos. São outros tempos, os carros ditos “populares” melhoraram muito, porque afinal de contas, os preços não são tão populares assim. Meu primeiro GM foi o Kadett 1.8 SL/E EFI, realmente um carro sensacional. Adorei!

Deixe uma resposta