Opala SS 4.1 1977 O esportivo mais valente e equilibrado da década de 70

O concorrente direto do Maverick V8, o Opala SS 4.1 1977, conseguia entregar um equilíbrio maior entre, força, agilidade, consumo de combustível e estabilidade, o modelo Chevrolet também era 6 KM/h mais rápido em velocidade final.

A versão SS do Opala, enfrentou durante a década de 1970, os poderosos Ford Maverick e Dodge Dart Coupé, como seus principais concorrentes no mundo dos esportivos de grande porte, mas o modelo Chevrolet, tinha um motor menor, de 6 cilindros em linha, uma carroceria mais leve, pesando em média 200 KG a menos que seus concorrentes.

A diferença de peso de toda a estrutura, e um motor menor e mais ágil, deram ao Opala SS 4.1, o posto de mais rápido e equilibrado, o acabamento esportivo interno e externo também eram um show a parte, com faixas pretas esportivas e painel com um estilo futurístico.

Desempenho

O motor Chevrolet Cód 250S, de 4.1 CC, ainda estava em sua primeira geração, mas já havia recebido ao menos dois upgrades significativos durante a década de 1970, dando ao carro bons 171 CV de força, e confiabilidade no tempo de vida útil.

O câmbio manual de 4 marchas, não tinha relações muito curtas como de um esportivo de porte menor, mas era muito eficiente, macio e de engates precisos;

A distribuição de peso de todo o conjunto, carroceria, chassis e suspensão dava ao carro muito equilíbrio, mesmo em altas velocidades;

O consumo de combustível em relação a seus concorrentes Dord Dart e Ford Maverick, era o melhor, conseguia fazer em média 6 KM/L na cidade.

Acabamento Externo

Frente com faróis redondos, de lentes boleadas, embutidos em uma moldura de mascara preta;

Setas dianteiras, com luzes bipartidas, embutidas no para – lama;

Grade de ar do motor, preta com frisos na horizontal, com o logo “SS” na cor vermelho e frisos cromados nas extremidades;

ndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Para – choques em aço carbono cromado;

Farol de neblina amarelo, os famosos faróis de milha;

Faixa preta esportiva, bipartida no capô dianteiro;

Faixa preta estilo GT no rodapé da carroceria com o logo “SS”;

Rodas de liga leve esportivas, em tons cinza e preto;

Retrovisor metálico cromado;

Fechaduras cromadas;

Lanternas traseiras, redondas, conjunto duplo na horizontal;

Saída do escapamento, dupla, cromada.

Acabamento Interno

Painel com diversos mostradores, de fácil visualização, e um desenho bem esportivo, com conta – giros;

Volante esportivo de três raios, espumado, com logo SS ao centro;

Rádio AM/FM;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro;

Acabamento das portas em vinil;

Acionamento dos vidros, manual basculante;

Bancos com acabamento em tecido plástico;

Bancos dianteiros com encosto de cabeça embutido;

Assoalho e porta – malas acarpetado.

Ficha Técnica Opala SS 4.1 1977

Carroceria Coupé;

Porte Grande;

2 portas;

Motor 4.1 Cód 250;

Cilindros 6 em linha;

Longitudinal;

Tuchos Hidráulicos;

Tração Traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 1172 KG;

Potência 171 CV;

32,5 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima 4800 RPM;

De 0 a 100 – 11,7 Segundos;

Velocidade máxima 190 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 6 KM/L – Estrada 8 KM/L;

Autonomia: Cidade 390 KM – Estrada 520 Km;

Porta malas 376 Litros;

Carga útil 420;

Tanque de combustível 91 Litros;

Preço atualizado R$ 120.721,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Opala SS 4.1 1977

Carros Clássicos Brasil – Opala

Please follow and like us:

Deixe uma resposta