Opala Diplomata 82 a versão 6 cilindros do cupê da Chevrolet

Compartilhe

O top de linha da família Chevrolet no início da década de 1980, dominava a maior fatia do mercado nacional dentro de seu segmento

Em 1982 o Ford Landau já se preparava para se despedir do mercado, o Alfa Romeo 2300 era o modelo brasileiro mais caro direcionado para um público bastante específico, e os modelos Dodge haviam sido descontinuados no ano anterior.

O Opala Diplomata 82, passou a ser o líder absoluto em número de unidades emplacadas, mais barato que o modelo italiano e com uma relação custo benefício bem mais interessante que o concorrente Ford.

A versão cupê 6 cilindros tinha um apelo mais esportivo, mesmo utilizando acessórios de carro de luxo, o público alvo eram homens de meia idade, que viveram o auge da geração Muscle Car nas décadas de 1960 e 1970, para serviços públicos como veículo de políticos, a versão sedã 4 portas era a mais comercializada.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mas se tratando de um modelo de grande porte ainda com estrutura da década de 1970, era sempre bom ficar atento em curvas de alta.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet 4.1 cód 250s, com 134,4 cv, já não entregava mais os 171 cv da era das versões SS, mais ainda era rápido e muito robusto.

Câmbio –  O câmbio manual de 4 velocidades, era de relações curtas e engates precisos.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor saudável e um câmbio descomplicado o carro era seguro e eficiente.

Consumo –  Para um motor de 6 cilindros de um carro de grande porte, produzido para atender a classe alta, fazer 4 km/l na cidade não era uma preocupação.

Acabamento Externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas embutidas no mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromadas, com friso emborrachado;

Faróis de neblina – Sim;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal;

Retrovisores Externos – Pretos de plástico, com ajuste manual;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão lateral com o logo “Diplomata”;

Rodas – De liga – leve, tradicionais da família Diplomata e Comodoro;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “250-S”, na tampa do porta – malas.;

Lanterna Traseira – Bicolor tradicionais família Opala com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com diversos mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil na cor grafite;

Volante – Espumado de dois raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Sim;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em tecido plástico;

Acabamento das portas – Em vinil preto;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros embutidos nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetados;

Ficha Técnica – Opala Diplomata 4.1 1982

Carroceria – Cupé;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  4.1 cód 250S;

Cilindros – 6 em linha;

Posição – Longitudinal;

Peso Torque – 44,55 kg/kgfm;

Tração – Traseira;

Combustível – Álcool;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1341 kg;

Comprimento – 4844 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Potência – 134,4 cv;

Cilindrada – 4093 cm³;

Torque máximo – 30,1 kgfm a 2000 rpm;

Potência Máxima – 4000 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 11,9 Segundos;

Velocidade máxima – 176,4 km/h;

Consumo: Cidade 4 km/l – Estrada 7 km/l;

Autonomia: Cidade 336 km – Estrada 588 km;

Porta malas – 405 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 84 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 218.693,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.joi

Deixe uma resposta