Mitsubishi 3000GT VR4 3.0 BiTurbo 1993 250 km/h e incríveis 6,7 Segundos de 0 a 100

Compartilhe

Um dos primeiros importados de elite a desembarcar em solo brasileiro, após a reabertura do mercado para importações, no Japão era conhecido como Mitsubishi GTO, nos E.U.A Dodge Stealth e por aqui chegou rebatizado de Mitsubishi 3000GT.

Sem a menor sombra de dúvidas a montadora japonesa sempre foi ousada e sem medo de ser feliz, as expectativas eram no mínimo as mais ousadas, um carro com um desenho e aerodinâmica muito bem desenvolvidos, abrigando um motor 3.0 biturbo com 6 cilindros em V e 24 Válvulas, entregando bons 300 cv.

A máquina da Mitsubishi, ainda era equipada com tração integral permanente, mas teve um número de unidades emplacadas aqui no Brasil bastante modesto, por ser um modelo de alto custo, fazendo parte do grupo de elite, que também participavam, BMW, Mercedes – Benz e Audi.

Marcas que estavam na mente dos brasileiros desde antes da abertura do mercado, fizeram com que o Mitsubishi 3000GT VR4 3.0 BiTurbo, alcançasse números mais modestos em vendas. Hoje literalmente um colecionável para poucos.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, era muito eficiente e equilibrado, conseguia unir segurança e conforto, a altura de modelos de elite.

Motor –  Utilizando o motor japonês 6G72 3.0 BiTurbo de 300 cv e 24 válvulas, com aceleração de 0 a 100 de 6,7 segundos, era robusto e muito ágil.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 marchas, era de engates precisos, e relações curtas. Mas o pedal da embreagem era muito duro para um modelo de elite.

Retomadas e ultrapassagens – Com bastante fôlego e respostas imediatas ao pedal do acelerador, era seguro e eficiente.

Consumo –  Com um motor Turbo 3.0 24V, conseguia fazer bons 6,4 km/l na cidade.

Acabamento Externo

Faróis –  Retrátil, com lentes retangular de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas no para – choque acompanhando as linhas do corro;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria;

Faróis de neblina – Sim;

Grade de ar do motor – Em abaixo do para – choque;

Retrovisores Externos – Panorâmicos, com ajuste elétrico interno;

Frisos – Não;

Rodas – Rodas de liga-leve 245/45 R17;

Maçanetas – Na cor da carroceria;

Logo – “3000GT VR-4” abaixo da tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Bicolor, com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Sim;

Limpador do vidro traseiro – Sim;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular em km/h e mph;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil na cor cinza e grafite;

Volante – Espumado de 4 raios multifuncional;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em couro;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Sim;

Banco traseiro – Bipartido e com cinto de segurança de três pontos para dois passageiros;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Mitsubishi 3000GT VR4 3.0 BiTurbo 1993

Carroceria – Cupê;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  6G72 3.0 Turbocompressor;

Cilindros – 6 em V;

Válvulas por cilindro – 4;

Posição – Transversal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 300 cv;

Peso Torque – 40,3 kg/kgfm;

Cilindrada – 2972 cm³;

Torque máximo – 42,2 kgfm a 2500 rpm;

Potência Máxima – 6000 rpm;

Tração – Integral permanente;

Alimentação –  Injeção Multiponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 marchas com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas 4 rodas;

Peso – 1700 kg;

Suspensão dianteira – Independente McPherson, – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Independente, braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Comprimento – 4585 mm;

Distância entre – eixos – 2470 mm;

Largura – 1884 mm;

Altura – 1285 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 6,7 Segundos;

Velocidade máxima – 250 km/h;

Consumo: Cidade 6,4 km/l – Estrada 10,9km/l;

Autonomia: Cidade 480 km – Estrada 818 km;

Porta malas – 172 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 75 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 221.541,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Deixe uma resposta