Kadett GSi 2.0 1992

Compartilhe

Em novembro de 1991 chega ao Brasil o Kadett GSi 2.0 o esportivo de peso da Chevrolet, já como modelo 1992.

Até novembro de 1991 não havia nenhum carro no mercado nacional para fazer frente ao GOL GTi 2.0 lançado em 1989, com a chegada da versão esportiva do Kadett GSi a briga dos hatchs esportivos se tornou mais animada.

O kadett GSi também passou a ser até aquele ano o único esportivo que equiparava o desempenho do Passat GTS Pointer que já havia saído de linha em 1988, em curvas de alta velocidade e pista molhada, ambos tinhão o desemprenho aerodinâmico bem acima da média dos carros nacionais.

Equipado com o mesmo motor do Monza S/R 2.0 a álcool, mas com quase 30 KG a menos, o Kadett GSi 2.0 consegui gerar mais de 120 CV de força.

De 0 a 100 em 11 segundos, um câmbio longo e um motor elástico, que permitia o motorista retomadas de marchas muito rápidas e precisas.

O nível de ruido era muito baixo e trazia bastante conforto ao motorista e passageiros, porém quem buscava um ronco esportivo ficava um pouco decepcionado.

Dentro do mercado nacional o Kadett GSi 2.0 passou a perder em desemprenho, tanto em retomadas de marcha como em velocidade final apenas para o GOL GTi 2.0.

Entre os esportivos em produção tinha a melhor aerodinâmica do Brasil.

No que se refere ao acabamento interno, ele era o melhor disparado, a Chevrolet tem um histórico aqui no Brasil de ser a montadora que mais investe em luxo e conforto, e no Kadett GSi ela não poupou esforços.

Painel digital, muito bonito e eficiente, bancos Recaro exclusivos e tudo que um esportivo de luxo merecia.

Imagem Reginaldo Campinas 

Imagem Reginaldo Campinas 


Por fora o Kadett tinha um ar bem europeu, traseira reta, que provocou uma certa desconfiança no mercado assim que foi lançado em 1989, mas logo todos se acostumaram, e um acabamento esportivo que chamava a atenção por onde passava.

Imagem Reginaldo Campinas 

Imagem Reginaldo Campinas 

Imagem Reginaldo Campinas 


Motor Tudo – Chevrolet Kadett GSi 2.0

Carros dos anos 90

Deixe um comentário