Fusca 76 1300L ganha novo farol e novo carburador

Compartilhe

1975 coloca fim a produção do Fuscão 1500, chega ao mercado o novo Fusca 1300L, e em 1976 ganha uma nova estrutura mais segura e passa a atender nova legislação de consumo de combustível.

O Fusca 76 chega ao mercado com novo carburador com giglês menores para economia de combustível, atendendo uma solicitação federal no auge da crise do petróleo, também recebe novos faróis de lentes planas e diversas mudanças que para muitos passou despercebido.

Novo acabamento dos bancos como opcional, em courvin marrom ou preto, com faixas em tecido no centro.

Botões do painel com desenhos fluorescentes, facilitando a vida do motorista a noite.

Novo velocímetro com fundo preto, ponteiro branco e vidro anti-reflexo.

Nova coluna de direção, que não penetra o motorista em caso de colisão.

O acionamento do limpador de vidros passa para barra de direção – mas apenas em outubro de 1976.

Carroceria recebe novo projeto de engenharia sendo reforçada para suportar melhor impacto.

OBS – O modelo das fotos é do primeiro semestre de 1976.

Desempenho

Estabilidade – O conjunto carroceria, chassi e suspensão, era relativamente eficiente, considerando a tecnologia da época. Em curvas de alta com o piso molhado era sempre bom o motorista ficar atendo a saídas de pista, mas em um país onde a grande maioria das vias eram de ruas estreitas de paralelepípedo ou de chão batido, ele tinha a suspensão ideal.

Motor – O motor Volkswagen Boxer 1300, com o novo carburador para atender as exigências do governo federa na crise do petróleo , na prática se tornou mais lento, menos elástico, e o consumo praticamente continuou o mesmo.

Câmbio – O câmbio do Fusca chegou ao final da década de 1970, com uma estrutura mais robusta e engates mais eficientes.

Retomadas e ultrapassagens – Atendia as expectativas para um compacto da década de 1970, mas em pistas de mão dupla, e com menos fôlego, era bom negociar bem as ultrapassagens.

Consumo – Para um motor 1300 de um modelo compacto, se esperava um consumo mais moderado, 7 km/l na cidade não era muito atraente, mas na estrada consegui fazer bons 11 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos, de lentes planas, embutidos em uma moldura cromada.

Frisos – Cromados em toda a extensão do carro;

Rodas – Rodas de aço tradicionais da família Fusca e VW 1600;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “1300 L ” na tampa do motor;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular, embutidos em uma moldura cromada;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em vinil preto;

Volante – De plástico injetado de dois raios, estilo canoa;

Sistema de som – Opcional;

Ventilador – N/D;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – N/D;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em vinil;

Acabamento das portas – Em vinil;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Emborrachado;

Porta-malas – Emborrachado;

Ficha Técnica – Fusca 76 1300L

Carroceria – Sedã;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor – VW Boxer 1300;

Cilindros – 4 Opostos;

Posição – Longitudinal;

Peso/torque – 85/71 kg/kgfm;

Tração – Traseira;

Combustível – Gasolina;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a tambor nas quatro rodas;

Peso – 780 KG;

Comprimento – 4026 mm;

Distância entre-eixos – 2400 mm;

Potência – 46 CV;

Cilindrada – 1285 cm³;

Torque máximo – 9,1 kgfm a 2800 rpm;

Potência Máxima – 4600 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 39,1 Segundos;

Velocidade máxima – 117 KM/h;

Consumo: Cidade 7 KM/L – Estrada 11 KM/L;

Autonomia: Cidade 287 KM – Estrada 451 KM;

Porta malas – 141 Litros;

Carga útil – 380 KG;

Tanque de combustível – 41 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 57.938,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

2 comentários sobre “Fusca 76 1300L ganha novo farol e novo carburador”

Deixe uma resposta