Ford Verona 1.8 LX 1991 Versão intermediária

Carros dos anos 90 Ford Ford Verona

Com o Fim do Del Rey, e o irmão bastador Versailles, classificado como modelo de alto custo, o Verona passar a ser uma opção bastante interessante para os fãs dos sedãs médios

A versão sedã do Escort, chega ao mercado em 1989, com o lançamento simultâneo com a Versão Autolatina, o Apollo, que era um Verona, com um acabamento mais refinado e logo Volkswagen, a versão Ford Verona 1.8 LX 1990, tinha uma ótima relação custo benefício.

Em um mercado onde, Volkswagen Santana, Ford Versailles, Chevrolet Monza e a própria Versão Top de linha do Verona, tinham um custo muito alto, tanto na compra na concessionária como nas manutenções preventivas e corretivas, a versão intermediária 1.8 LX, entregava além de um bom desempenho, opcionais para ar – condicionado, vidros elétricos e direção hidráulica.

Já a versão de entrada LX 1.6 CHT, talvez não fosse um grande negocio, além de opcionais reduzidos, e um desempenho bem abaixo das versões com motores AP 1.8, o preço não era tão confortável, os valores de compra e manutenção eram muito próximo da versão 1.8 LX.

Desempenho

Na versão AP 1.8 oferecia muita agilidade e confiabilidade na relação motor e câmbio, o ponto forte era em altas rotações onde o motor se mantinha bastante estável.

Na cidade era ágil e muito macio, principalmente os pedais de embreagem e freios, um médio muito gostoso de dirigir.

Na estrada, era muito eficiente em ultrapassagens e retomadas, mas em velocidades acima de 140 KM/h, sofria alguns balanços repentinos, culpa da suspensão muito macia.

A suspensão exigia manutenção constante, era relativamente frágil, mas estando em dia era confortável e macia, na estrava instável em curvas e retas.

Acabamento Externo

frente com faróis boleados embutido em um mesmo conjunto com a seta.

Para-choques envolventes na cor grafite.

Faróis de belina embutidos – Opcional;

Friso lateral emborrachado.

Retrovisor com controle mecânico interno.

Maçanetas na cor preta;

Rodas de aço 175/70 R13 com calotas de plástico.

Lanternas traseiras tricolor, bonitas e muito eficientes.

Logo “LX 1.8” na tampa do porta – malas;

Acabamento Interno

Painel moderno e eficiente, com mostradores básicos + relógio analógico.

Volante espumado de dois raios.

Alavancas de acionamento de setas, faróis e limpador, próximos ao volantes, muito bem posicionadas.

Acabamento de bancos e portas em fino tecido aveludado.

Encosto de cabeça com regulagem de altura no banco dianteiro.

Ventilador de três velocidades.

Ar – condicionado;

Ar- quente.

Acionamento dos vidros manual basculante.

Assoalho e porta malas acarpetados com tecido de qualidade.

Desembaçador elétrico do vidro traseiro.

Rádio digital AM/FM.

Ficha Técnica – Ford Verona 1.8 LX 1990

Carroceria Sedã;

Porte Médio;

2 portas;

Motor VW AP 1.8;

Cilindros 4 em linha;

Transversal;

Tuchos mecânicos;

Tração Dianteira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Simples – Hidráulica Opcional;

Câmbio manual de 5 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras;

Peso 970 KG;

Potência 93 CV;

16,1 kgfm a 2800 rpm;

Potência Máxima 5600 RPM;

De 0 a 100 – 12 Segundos;

Velocidade máxima 165 KM/h;

Consumo na Cidade 9,3 KM/L – Estrada 15,7 KM/L;

Autonomia : Cidade 595,2 KM – Estrada 988 KM;

Porta malas 384 Litros;

Carga útil 400 KG;

Tanque de combustível 64 Litros;

Motor Tudo – Ford Verona 1.8 LX 1990

Carros Clássicos Brasil – Ford verona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *