Ford Taurus GL 1994 após 11 anos a montadora traz um novo gigante

Compartilhe

11 após o Ford Landau ser descontinuado, a montadora apresenta um novo modelo de grande porte, situações e épocas diferente, mas que nos fizeram lembrar a década de 1970.

No início da década de 1990, visitei uma concessionária Ford em minha região, e logo na entrada me deparei com um Ford Taurus, e confesso que fiquei chocado com o tamanho do carro, maior que um Opala, algo literalmente parecido com o tamanho de um Landau, achei o carro lindo e requintado, mas comecei a pensar. Será que eu compraria algo tão grande?

O Ford Taurus GL 1994 era a versão de entrada, mesmo assim, vinha de série recheado de itens de luxo e segurança, freios ABS, volante multifuncional, Airbag, trio elétrico, ar – condicionado, entre outros.

O grande problema, era que o modelo, vinha dos Estados Unidos, com um preço bastante salgado na concessionária, e a reposição de peças na primeira metade dos anos 1990, eram caras e difíceis de serem encontradas. Até para unidade zero km, peça só sob encomenda.

Mesmo com tantas situações contra, o modelo sobreviveu durante toda a década de 1990, recebendo até um significativo upgrade no visual na segunda metade da década.

Desempenho

Como todo bom Ford de grande porte, originalmente norte americano, o valente motor Vulcan 3.0 V6, entregava ótimos 141 cv de força, atingindo velocidade final de quase 190 km/h, com muito equilíbrio e maciez;

O Taurus entregava uma ótima velocidade de Cruzeiro, em velocidades acima de 160 km/h, se mantinha estável, sem oscilações por longos períodos;

O interessante era que, em certos momentos ele tinha um balanço na estrada semelhante ao do landau, com a diferença de continuar mantendo o equilíbrio e a segurança;

Em curvas de alta, a suspensão se mantinha eficiente, sem saídas repentinas de frente ou traseira.

Acabamento Externo

Frente com faróis retangulares, com luz de longo alcance embutida na mesma lente;

Para – choques envolventes, pintados na cor do carro;

Rodas de aço 205/65 R15;

Retrovisores panorâmicos, com ajuste interno elétrico;

Friso lateral em toda a extensão do carro com o logo “Taurus GL”;

Lanternas traseira trapezoidais, tricolor.

Acabamento interno

Painel com mostradores em escala em meia lua, sem conta – giros, que para um modelos tão potente fazia falta;

Dependendo da posição que o volante parasse, dificultava a visualização do velocímetro;

Volante executivo de 4 raios, multifuncional um grande avanço para a época;

Regulagem de altura do volante;

Relógio digital;

Rádio toca – fitas digital, AM/FM;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro;

Ventilador;

Ar – quente;

Vidros elétricos nas 4 portas;

Travamento centra das portas;

Apoio para braço, no meio dos bancos dianteiros, que também servia como porta trecos;

Acabamento dos bancos em tecido aveludado;

Encosto de cabeça para 4 pessoas;

Luz de sinalização na rodapé de cada porta;

Assoalho e porta malas, acarpetados.

Ficha Técnica – Ford Taurus GL 1994

Carroceria Sedan;

Porte Grande;

4 portas;

Motor Vulcan 3.0;

Cilindros 6 em V;

Transversal;

Tuchos Hidráulicos;

Tração Dianteira;

Combustível Gasolina;

Injeção Multiponto;

Direção Hidráulica;

Câmbio Automático de 4 velocidades;

Acoplamento conversor de torque;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e sólido nas rodas traseiras;

Peso 1542 kg;

Potência 141 cv;

Potência Máxima 4800 rpm;

De 0 a 100 – 11,6 Segundos;

Velocidade máxima 189 km/h;

Consumo na Cidade 7 km/l – Estrada 9,2 km/l;

Porta malas 510 Litros;

Carga útil 568 kg;

Tanque de combustível 61 Litros;

Valor atualizado Aproximado –  R$ 172.754,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros Clássicos Brasil – Ford Taurus

5 comentários

  1. Carlos Augusto

    Meu Pai, hoje com 76 anos, tem um ano 1994 – GL – 3.0 – bege, que está na mão dele há uns 15 anos e muito bem conservado…E, com a idade avançada, já não pode mais dirigir e o carro está atrapalhando na pequena garagem de casa…Hoje fui buscá-lo, para uma última revisão antes de vende-lo…Se alguém tiver interesse, entra em contato comigo, sou de Curitiba.

  2. gabrielrs@ig.com

    Tenho um GL 1994. Comprei, rodei 40000 km, hoje está com 158000. Bom carro, com banco em couro, rodas de liga leve, freio a disco nas quatro rodas, ajuste elétrico banco motorista e, pasmem, um celular Motorola pt 550 agregado ao console.

Deixe uma resposta