Ford F8 big job 1951 mais um herói pós-guerra

Compartilhe

Em 1945 termina a segunda grande guerra, os EUA foi a única nação desenvolvida ligada diretamente ao conflito que sobreviveu quase ilesa, suas grandes montadoras aproveitaram a oportunidade e venderam para todo o planeta seus principais veículos, o Caminhão Ford F8 Big Job 1951 foi um bom exemplo.

No Brasil entre as décadas de 1950 e 1960, modelos como Chevrolet Brasil 6500, Ford F8 big job, eram os preferidos na construção civil, e nos polos industriais recém implantados nas grandes metrópoles, como grande São paulo, ABC Paulista, e Rio de Janeiro.

O modelo da Ford também era disponibilizado na versão F8 big job 6X4, cavalo mecânico para puxar carretas, muito utilizado em regiões portuárias, como no porto de Santos litoral paulista, para transporte de grãos e contêiner.

No final da década de 1970 e durante toda a década de 1980, feirantes e comerciantes de hortifrútis, peixarias e outros nichos do ramo, utilizavam os poucos modelos que sobraram no mercado.

Você conseguia comprar um Caminhão Ford F8 big job, literalmente a preço de banana, era bastante comum ver modelos quase sucateados, rodando em feiras livres, muitos também eram vistos abandonados em terrenos baldios, chácaras e sítios.

Na segunda metade da década de 1990, com a explosão das restaurações de carros antigos, caminhões e utilitários também entraram no radar de colecionadores e revendedores, hoje um modelo devidamente restaurado pode custar entre R$ 100.000,00 e R$ 250.000,00.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *