Ford F-75 1972 a picape bruta

Controle de tração, controle de estabilidade, freios ABS, e toda a Parafernália eletrônica nas picapes de hoje são itens para os fracos, o Ford F-75 1972 era carro pra macho.

Mesmo utilizando freios a tambor, e basicamente a mesma tecnologia do Jeep Willys da década de 1950, estava no topo da hierarquia entre os utilitários mais resistentes do Brasil.

Durante a década de 1970, os modelos de picapes Chevrolet e a linha Ford f-100, eram direcionados ao mercado da zona urbana e zona rual, pecuaristas, fazendeiros e comerciantes em geral.

Mas para o trabalho pesado em atoleiros, manguezais, e regiões inóspitas, o caminho era o Ford F-75, ou o Land Cruiser FJ-251 posteriormente rebatizado de Toyota Bandeirantes.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, era resistente e confiável, desenvolvido para ser um fora de estrada, no asfalta entregava um desempenho modesto.

Imagens Pastore Car Collection

Motor –  Utilizando o motor BF-161 2.6 de 6 cilindros, era resistente e confiável.

Imagens Pastore Car Collection

Câmbio –  O câmbio manual de 4 velocidades, com alavanca na coluna de direção, não oferecia engates muito precisos, mas atendia as especificações para um fora de estrada do início da década da 1970.

Imagens Pastore Car Collection

Retomadas e ultrapassagens – O asfalto não era seu forte com aceleração de 0 a 100 em 26,8 segundos, não estava entre os mais rápidos do mercado, mas levava a vantagem de não perder fôlego com carga máxima de peso 750 kg.

Consumo –  Para um motor de 6 cilindros a gasolina fazer 4 km/l na cidade, era considerado dentro dos padrões para um utilitário.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes boleadas, embutidos em uma moldura cromada;

Setas dianteiras – Embutidas abaixo dos faróis;

Para – choques –  Largas lâminas de aço carbono cromadas;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Bi partida quadriculada;

Retrovisores Externos – Na cor grafite estilo raquete;

Frisos – Não;

Rodas – De aço tradicionais F-75;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Ford” na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Em cor única;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em aço na cor da carroceria;

Volante – De 2 raios de plástico injetado;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Não;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – N/D;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em vinil;

Acabamento das portas – Em vinil;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Emborrachado;

Porta-malas – Carroceria de metal, com assoalho em madeira;

Ficha Técnica – Ford F-75 1972

Carroceria – Picape;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  Cód BF-161 2.6;

Cilindros – 6 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 81,7 cv;

Peso Torque – 75,83 kg/kgfm;

Cilindrada – 2638 cm³;

Torque máximo – 18,7 kgfm a 2000 rpm;

Potência Máxima – 4400 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca na coluna de direção;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a tambor nas 4 rodas;

Peso – 1418 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Feixe de molas semielípticos;

Comprimento – 4860 mm;

Distância entre-eixos – 2990 mm;

Largura – 1880 mm;

Altura – 1834 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 26,8 Segundos;

Velocidade máxima – 118 km/h;

Consumo: Cidade 4 km/l – Estrada 6 km/l;

Autonomia: Cidade 240 km – Estrada 360 km;

Porta malas – 750 Litros;

Carga útil – 750 kg;

Tanque de combustível – 60 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 175.431,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

2 comentários sobre “Ford F-75 1972 a picape bruta”

  1. muito bom, foi da minha epoca, dirigi jipe, essa camionete e muito mais.saúdades.

  2. Coloquem quando puder a mesma picape quando era fabricada pela Willis.

    Agradecido.

Deixe uma resposta