Ford Del Rey Ghia 1984/1985 fase de transição

Carros dos anos 80 Ford Ford Del Rey

1984 chegava ao fim a era Del Rey Série Prata e Ouro, para dar lugar as novas versões e novo visual com o modelo 1985

No segundo semestre de 1985 as versões, L, GL, GLX e Ghia entram em sena com um novo visual, as versões Série Prata e Série Ouro, que badalaram no início da década de 1980, saem de sena, e o motor Cléon Fonte, ganha novo upgrade e é oficializado como CHT, agora a versão Ford Del Rey Ghia, passa a ser o modelo top de linha.

As mudanças foram uma tentativa da montadora em voltar ao topo da tabela entre os mais vendidos do Brasil, posição que o Ford Del Rey vinha ocupando entre 1981 até o primeiro semestre de 1983, mas com a chegada dos modelos mais atualizados, o Chevrolet Monza e o VW Santana, as vendas do médio de luxo da Ford despencaram.

Em 1985 as vendas ganharam novo fôlego, mas não o suficiente para voltar a ser o sucesso de vendas de 1982, a nova frente vinha com faróis e grades com um visual mais boleado, novo acabamento interno com um ar mais executivo, e a nova versão Ghia passou a ser a sensação entre os fãs da Ford.

Desempenho

O novo upgrade do motor CHT deu ao carro mais 4 CV de força, além de um novo sistema de alimentação e ignição eletrônica, deixando o Del Rey com um torque mais suave e mais ágil na cidade, de 0 a 100 1 segundo mais rápido e 5 Km/h a mais em velocidade final.

Na estrada se tornou mais seguro em ultrapassagens e mais eficiente em retomadas, mesmo assim ainda estava um passo atrás dos modelos Chevrolet Monza e VW santana.

O conjunto, carroceria, chassis / bloco e suspensão, dava ao motorista muito conforto ao volante, mas em curvas de alta, a suspensão muito macia diminuía a eficiência da estabilidade.

Acabamento Externo

Frente com faróis chanfrados, embutidos em peça única com as setas;

Grade de ar do motor pintada na cor do carro;

Para-choques em aço carbono, cromados, com cantoneiras de plástico estendida;

Faróis de neblina embutidos;

Friso lateral emborrachado com acabamento cromado, em toda a extensão do carro;

Maçanetas cromadas;

Rodas de liga leve 195/60 R14;

Retrovisores satélites com controle interno elétrico;

Brasão Ghia na lateral do para – lama dianteiro;

Logo Del Rey Ghia na tampa do porta malas;

Lanternas traseiras tricolor, bonitas e muito eficiente.

Acabamento interno

Painel completo, de fácil visualização + conta-giros;

Volante espumado, tradicional linha Del Rey;

Relógio digital com mostrador azul, no teto;

Luz de leitura para os bancos dianteiros;

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutido no pinel;

Ventilador de três velocidades;

Ar – quente;

Ar – Condicionado;

Acabamento de bancos e portas em fino tecido aveludado;

Banco traseiro com apoio para o braço;

Encosto de cabeça com regulagem de altura nos bancos dianteiros e traseiros;

Assoalho e porta-malas acarpetados;

Vidros, retrovisores e travas elétricas;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro;

Rádio toca – Fitas Ford Philco.

Ficha Técnica – Ford Del Rey Ghia 1984/1985

Carroceria Sedã;

Porte Médio;

2 portas;

Motor CHT 1.6;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração dianteira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Hidráulica;

Câmbio manual de 5 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 1006 KG;

Potência 73 CV;

Potência Máxima 5200 RPM.

De 0 a 100 – 17,2 Segundos;

Velocidade máxima 153 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 7,9 KM/L – Estrada 12,1 KM/L;

Porta malas 328 Litros;

Carga útil 474 KG;

Tanque de combustível 57 Litros;

Preço atualizado aproximado R$ 72.892,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Ford Del Rey Ghia 1984-1985

Carros Clássicos Brasil – Del Rey

Ford Del Rey Ghia 1984/1985 fase de transição
5 (100%) 1 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *