Fiat Oggi CS 1984 o sedã compacto da família 147

Ele chegou ao Brasil com uma difícil missão, enfrentar o Chevrolet Chevette e o VW Voyage, com o maior porta malas da categoria e sendo o mais econômico, cumpriu seu papel

Ele desembarcou no Brasil em 1983, a montadora italiana de olho no rentável mercado dos sedãs compactos, resolveu reivindicar uma fatia, no segundo ano de produção atingiu se maior pico de vendas com a versão Fiat Oggi CS 1984.

Se você pensa que ele foi um fracasso de vendas, esta muito enganado, sendo um dos modelos nacionais mais baratos, econômico e com um ótimo espaço interno, a relação custo benefício chamou a atenção dos milhões de fãs da montadora italiana aqui no Brasil.

O público acostumado a comprar Fiat 147, além de frotistas e taxista em todo o território nacional, que viram uma excelente oportunidade, fizeram as vendas do sedã três volumes da Fiat decolarem.

Em 1985 com a chegada do moderno Fiat Prêmio sua saga chegou ao fim, mesmo assim por alguns meses ambos os modelos dividiram as concessionárias Fiar em todo o Brasil.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, entregavam um bom desempenho um compacto três volumes com a estrutura da década de 1970.

Motor –  Utilizando o motor Fiat Fiasa 1.3 de 56 CV, era confiável, muito econômico, e ágil na cidade.

Câmbio –  O câmbio de 5 velocidades era resistente, os engates não eram muito precisos, mas nada que Interferisse diretamente no desempenho do carro.

Retomadas e ultrapassagens – Bom de ultrapassagens, e eficiente em retomadas, mas com 5 adultos e porta malas cheio, era bom negociar bem as ultrapassagens.

Consumo –  Literalmente era um dos carros nacionais mais econômicos, conforme ficha técnica no final do post.

Acabamento Externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas;.

Setas dianteiras – Embutidas em um mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor grafite;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – De plástico com frisos na horizontal;

Retrovisor Externo – De plástico na cor grafite;

Frisos – Em vinil em toda a extensão lateral com o logo “1300”.

Rodas – Rodas de aço tradicionais família 147, 165/70 R13, com calota de plástico ao centro;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Oggi CS” na tampa do porta malas;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escalas horizontal e quadrada;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em vinil;

Volante – Espumado de quatro raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em tecido plástico;

Acabamento das portas – Em vinil;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Sim;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Fiat Oggi CS 1.3 1984

Carroceria – Sedã;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor – Fiasa 1.3;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Transversal;

Peso Torque – 91,30 kg/kgfm;

Tração – Dianteira;

Combustível – Álcool;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 5 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 840 kg;

Comprimento – 3966 mm;

Distância entre-eixos – 2225 mm;

Potência – 56 CV;

Cilindrada – 1297 cm³;

Torque máximo – 9,2 kgfm a 2800 rpm;

Potência Máxima – 5200 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 17,9 Segundos;

Velocidade máxima – 147,5 km/h;

Consumo: Cidade 8,4 km/l – Estrada 12,5 km/l;

Autonomia: Cidade 436,8 km – Estrada 650 km;

Porta malas – 440 Litros;

Carga útil – Não Informado;

Tanque de combustível – 52 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 37.498,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta