Fiat 147 1977, ele mudou o mercado dos compactos no Brasil

Compartilhe

O Fiat 147 1977, foi a segunda fornada da montador, a primeira fornada foi em novembro de 1976 já como modelo 1977. Sua chegada fez as vendas o Volkswagen Sedan “Fusca” vender 45.094 a menos que nos últimos 4 ou 5 anos.

Em 1972 o Fusca bate recorde de vendas, com 252.209 veículos comercializados em 12 meses, e passa a ser o carro mais emplacado na história do Brasil. Até o besouro alemão ter sua primeira queda em vendas, entre os anos de 1973 e 1976 emplaca uma média de 200.000 exemplares a cada 12 meses.

Em 18 de novembro de 1976 é apresentado no salão do automóvel, o compacto italiano, as vendas iniciam. As primeiras unidades a chegarem nas ruas, foram entre os dias 20 e 25 de novembro, todos ano e modelo 1976/77, a chamada primeira fornada, as vendas entre o final de novembro e dezembro foram bastante modestas.

Mas no final de 1977 a montadora Fiat, já havia computado um número bastante significativo das vendas, mordem uma considerável fatia do mercado do Volkswagen sedan “Fusca”, que tem sua maior queda em vendas desde seu lançamento, emplacando apenas 161.004 veículos.

Os anos de 1977 e 1978, inicia o processo de licitações junto a órgãos estaduais e federais. Como já citado em outras matéria, o Fiat 147, passa a ser largamente comercializado para Polícia Militar de todo o estado de Minas Gerais, e para demais órgãos do estado. O fato da montadora ser em Betim a isenção e negociações de impostos, facilitavam a produção e vendas em massa.

Outros estados com Espírito Santo e Goiás, também foram inundados pelo projeto compacto da Fiat. Outra curiosidade eram os frotistas e taxistas, que viram no modelo um grade negócio, o carro mais barato do Brasil e mais econômico era o ideal para rodar no dia a dia na área urbana.

O exemplar da nossa matéria é um Fiat 147 1977, equipado com o motor Fiasa 1050 a gasolina de 55 cv, torque máximo de 7,8 kgfm a 3800 rpm, velocidade final real de 138 km/h, aceleração de 0 a 100 18,2 segundos. Quanto ao consumo na cidade 12,3 km/l e na estrada 18,2 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas;

Setas dianteiras – Abaixo dos faróis;

Para – choques –  Em aço carbono cromados;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Em lâminas de plástico na horizontal;

Retrovisores Externos – Com ajuste manual;

Frisos – Não;

Rodas – Rodas de aço com calotas pretas 145/80 R13;

Maçanetas – Na metálica;

Logo – “Fiat 147” Na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Bicolor;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala quadrada;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em vinil e aplique em madeira;

Volante – De dois raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em courvin ou tecido;

Acabamento das portas – Em courvin;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Fiat 147 1977

Carroceria – Fiat Hatch;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  Fiasa 1050;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Transversal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 55 cv;

Peso Torque – 102,3 kg/kgfm;

Cilindrada – 1048 cm³;

Torque máximo – 7,8 kgfm a 3800 rpm;

Potência Máxima – 5800 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 820 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Independente, McPherson – Feixe de molas semielípticas;

Comprimento – 3627 mm;

Distância entre-eixos – 2225 mm;

Largura – 1545 mm;

Altura – 1350 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 18,8 Segundos;

Velocidade máxima – 144 km/h;

Consumo: Cidade 12,3 km/l – Estrada 18,2 km/l;

Autonomia: Cidade 467 km – Estrada 692 km;

Porta malas – 350 Litros;

Carga útil – 400 kg;

Tanque de combustível – 38 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 61.990,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Fiat 147 1977
Fiat 147 1977

Deixe um comentário