Escort XR3 89 CHT com ar condicionado público fiel

Em 1989 com o badaleado XR3 com motor VW AP muitos fãs da montadora ainda optavam pelo modelo CHT 1.6

Com a parceria FordWagen a famosa Autolatina, o XR3 AP 1.8, se tornou a bola da vez do mercado, a versão ainda com motor CHT despencou em vendas, mas um público fiel ainda optava pela versão Escort XR3 89 CHT 1.6, que no mesmo ano era oferecido de série com ar – condicionado e um preço mais em conta.

O preço da versão XR3 CHT com ar – condicionado, na prática não saía tão mais em conta, quanto muita gente pensava, com as vendas em alta do modelo 1.8, toda a família Escort acabou tendo suas vendas impulsionadas.

Outro dado interessante foi que a partir de 1988, já visando a chegada do motor concorrente no quintal de casa, a Ford deixou o XR3 CHT mais nervoso, com 86,1 CV de força indo de 0 a 100 em 13,1 segundos, o mais importante foi que as versões com ar – condicionado ganharam fôlego, mesmo com o sistema acionado.

O ponto negativo ficou para a quase esquecida versão Escort Ghia 1989, que e teoricamente também seria uma versão top de linha, mas com um visual esporte fino, a versão ficou com os mesmo 74 CV de força, deixando o modelo bem apático quando o sistema de ar estava ligado.

Desempenho Escort XR3 89 CHT 1.6

O motor Ford CHT 1.6, mesmo sendo um projeto ideal para um compacto na versão intermediária ou de entrada, no XR3 ainda entregava bons 86,1 CV de força, deixando o carro com a agilidade suficiente para a cidade e uso do ar – condicionado;

Na estrada tinha o desempenho de um modelo de versão intermediária, mas que agradava seus fãs;

Em curvas de alta, tendia a sair de traseira, com piso molhado era bom o motorista ficar atento a repentinos balanços;

A suspensão macia proporcionava, conforto, na cidade e conforto para dirigir por longos períodos na estrada;

Acabamento Interno

Frene com faróis de lentes planas, boleados nas bordas, embutido no mesmo conjunto com as setas;

Para – Choques envolventes na cor preto, com um fino friso vermelho;

Luz de longo alcance acima do para – choque dianteiro;

Retrovisores na cor preto, com controle elétrico interno;

Rodas de liga – leve 185/60 R14;

Teto solar;

Spoiler no roda – pé de toda a lateral do carro;

Friso lateral emborrachado com vinco vermelho, dando um ar mais esportivo;

Lanternas traseiras tricolor;

Logo Escort XR3, na tampa do porta – malas.

Acabamento Interno

Painel com mostradores bem localizados + Conta – giros;

Alavancas de comandos muito bem localizadas, próximo a mão do motorista;

Volante a família Escort espumado de dois raios;

Rádio toca fitas digital Philco Ford, AM/FM.

Acendedor de cigarros e cinzeiro no console do painel;

Ar – condicionado;

Ar – quente;

Ventilador de três velocidades;

Relógio digital no teto;

Acionamento e ajuste do teto solar, manual basculante;

Acabamento de bancos e portas em tecido aveludado, em tons cinza e vermelho;

Encosto de cabeça com regulagem de altura no banco dianteiro;

Vidros e travas elétricas;

Ajuste dos retrovisores, elétricos;

Porta malas e assoalho acarpetados.

Ficha Técnica – Escort XR3 89 CHT 1.6

Carroceria hatch – Plataforma CE14;

Porte Médio;

2 portas;

Motor Cléon Fonte / CHT 1.6;

Cilindros 4 em linha;

Transversal;

Tuchos mecânicos;

Tração Dianteira;

Combustível álcool;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 5 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 970 KG;

Potência 86,1 CV;

12,9 kgfm a 4000 rpm;

Potência Máxima 5600 RPM;

De 0 a 100 – 13,1 Segundos;

Velocidade máxima 157,5 KM/h;

Consumo na Cidade 6,7 KM/L – Estrada 10,6 KM/L;

Autonomia: Cidade 321,6 KM – Estrada 508,8 KM;

Porta malas 382 Litros;

Carga útil 380;

Tanque de combustível 48 Litros;

Preço atualizado Não informado;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Tudo sobre Escort XR3

Carros esportivos antigos

Deixe uma resposta