Escort XR3 2.0i 1994 A máquina total

Carros dos anos 90 Escort XR3 Ford

Na primeira metade da década de 1990 o XR3 2.0i, se tornou o esportivo de maior velocidade final do Brasil, fazendo jus a frase que ganhou lá no início da década de 1980, “A máquina total”

O slogan “A máquina total” foi criado logo após seu lançamento, mas o apático motor CHT não fazia jus ao nome, só na primeira metade da década de 1990, equipado com o motor VW AP 2.0i, montado na posição transversal e equipado com injeção multiponto ele alcançou seu objetivo, já na versão Escort XR3 2.0i de 1994 beirava os 190 Km/h reais.

Superando os badalados Gol GTi 2.0 e o Kadett GSi 2.0 em velocidade final, também passou a ser o segundo carro nacional mais rápido indo de 0 a 100 em apenas 9,7 segundos, sendo superado apenas pelo modelo VW.

A segunda geração brasileira do Ford Escort, chegou por qui logo no início da década de 1990, e não apenas o desempenho melhorou, mas um dos pontos fortes do carro era o acabamento interno, se igualando a qualidade do Kadett GSi, ambos eram esportivos com requinte de carros de luxo.

Desempenho

O novo esportivo da Ford Autolatina, era o esportivo de maior velocidade final do Brasil 187 Km/h, superando GOL GTi e Kadett GSi, mas em retomadas, era o mais lento quase meio segundo entre os três esportivos, o motivo era os seus 160 KG a mais que o irmão bastardo GOL GTi;

Com o novo sistema de suspensão se tornou um carro muito bom de curvas de alta e baixa, mesmo com pista molhada, e ainda mantinha a suspensão macia que dava o tradicional conforto da família Escort;

O ponto negativo – Após 130 Km/h o carro balançava nas retas;

Em 1994 eu desci a serra pela Rodovia dos imigrantes rumo ao litoral paulista, com um modelo 1993, e senti na pele o problema, após 140 KM/h o carro deu algumas balançadas, chegando em alguns momentos a assustar.

Acabamento Externo

Frente com faróis chanfrados embutidos em um mesmo conjunto com a luz de seta;

Para-choques envolventes na cor do carro, com detalhe em vermelho dando um ar todo esportivo;

Faróis de neblina e luz de sinalização embutidas no para-choque dianteiro;

Retrovisor panorâmico, na cor do carro, com ajuste elétrico interno;

Rodas de liga-leve exclusivas 185/60 R14;

Friso lateral emborrachado em tons vermelho e preto;

Teto solar;

Aerofólio na tampa do porta-malas;

Logo “Escort XR3 2.0i” na tampa do porta malas.

Lanternas traseiras bicolor fumê.

Limpador de vidro traseiro.

Acabamento Interno

Painel de fácil visualização, com conta – giros e mostradores em meia lua;

Indicadores de Check-list abaixo dos mostradores;

Volante espumado de três raios;

Ventilador de três velocidades;

Ar – quente;

Ar – quente;

Ar – condicionado;

Acendedor de cigarros, e cinzeiro embutidos no painel;

Rádio AM/FM CD Player com tojo;

Relógio digital;

Luz de leitura nos bancos dianteiros;

Bancos Recaro em fino tecido aveludado;

Regulagem de altura no banco do motorista;

Bancos dianteiros com ajuste lombar;

Acabamento das portas em vinil e detalhes aveludados;

Desembaçador do vidro traseiro;

Assoalho e porta – malas acarpetados.

Ficha Técnica – Escort XR3 2.0i 1994

Carroceria Hatch;

Médio porte;

Duas portas;

Motor VW AP 2.0 – segunda geração;

Cilindros 4 em linha;

Posição Transversal;

Tuchos hidráulicos;

Tração dianteira;

Combustível Gasolina;

Injeção Multiponto;

Direção Hidráulica;

Câmbio manual de 5 marchas;

Freios a disco ventilados nas rodas dianteiras e sólidos nas rodas traseiras;

Peso 1120 KG;

Potência 120 CV;

De 0 a 100 – oficialmente 9,7 segundos;

Velocidade máxima 187 KM/h;

Consumo Cidade 7 KM/L Estrada 10 KM/L;

Porta malas 325 Litros;

Carga útil 385;

Tanque de combustível 64 Litros;

Preço atualizado aproximado – Não Informado;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária

Motor Tudo – Escort XR3 2.0i 1994

Carros Clássicos Brasil – Escort XR3

Escort XR3 2.0i 1994 A máquina total
5 (100%) 1 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *