Del Rey Ouro 1984 Sonho de consumo no início dos anos 80

Compartilhe

Em 1984 o Del Rey série Ouro 4 portas tinha um acabamento interno a frente de seu tempo para um sedã de médio porte, itens como vidros elétricos, relógio digital e a qualidade do material utilizado deixavam o Ford de médio porte com cara de gente grande.

O único sedã médio que poderia ter um acabamento interno a altura do Del Rey era o Monza sedã que acabará de nascer, a linha VW Santana também vinha com luxo e glamour mas no aspecto acabamento ainda estava um passo atrás.

Ter um Del Rey entre os anos de 1981 e 1984 era sinônimo de bom gosto e poder aquisitivo, empresários de pequeno e médio porte, comerciantes bem sucedidos, e funcionários do alto escalão da industria e comércio, eram os principais compradores do modelo da Ford.

Quanto ao desempenho. 

  • Entre os anos de 1981 e 1984 o versão 1.6 do motor CHT ainda era considerada atualizada, o comportamento do carro tanto na cidade como na estrada estava dentro do esperado, nível de ruido muito bom e uma suspensão macia, as primeiras versões tanto da linha Monza com da linha Santana tinham um desempenho similar.

Acabamento Externo.

  • Em 1984 o Del Rey usava a frente quadrada, a mesma que o consagrou em 1981.
  • Grade dianteira com frisos metálicos na vertical, e o logo Ford.
  • Faróis quadrados com a seta embutida.
  • Sobre o para-lama indicador de seta.
  • Retrovisor satélite com controle interno, um verdadeiro luxo para a época.
  • Rodas de liga-leve exclusiva da linha Del Rey.
  • Friso de borracha na lateral com o logo Ouro acima.
  • Lanternas traseiras, bonitas, grandes e muito eficientes.
  • Para-choques cromados, com friso de borracha e spoilers laterais de plástico.,

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.


Acabamento Interno.

  • Bancos e acabamento das portas e bancos em tecido aveludado e alta qualidade.
  • Piso acarpetado,
  • Luz vermelha sinalizadora no rodapé nas portas.
  • Botão do controle dos retrovisores e maçaneta de abertura interna das portas muito baixos, causando desconforto para quem tinha braços curtos.
  • Os mostradores do painel eram um show a parte, velocímetro, nível de combustível, voltímetro, temperatura do óleo, e conta-giros.
  • Lindo volante dois raios espumado.
  • Relógio digital no teto com números azuis.
  • O console da alavanca do câmbio era fantástico, com os lindos botões de acionamento dos vidros.
  • Rádio Toca Fitas AM/FM Philco Ford.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.


Ficha Técnica.

  • Motor CHT 1.6 Ainda atualizado para a época.
  • 70 CV de Força.
  • De 0 a 100 em 17 Segundos.
  • Velocidade máxima 150 KM/h
  • Peso 1006 KG
  • Consumo Cidade 8 KM/L Estrada 12 KM/L.
  • Preço aproximado atualizado – R$ 85.000,00.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.

Imagens Século 20 antigos – Veículos.


Motor Tudo – Ford Del Rey Série Ouro 1.6 1984.

Carros dos anos 80 – Carros Clássicos brasileiros.

4 comentários sobre “Del Rey Ouro 1984 Sonho de consumo no início dos anos 80”

Deixe um comentário