Chevrolet Caravan Diplomata Maestro 4.1/S 6 Canecos 1987 O Sonho

Compartilhe

Em 1987 era o SW mais completa e perfeito do mercado nacional, ficou famoso pelo comercial de TV do Irmão Opala, com o maestro Diogo Pacheco, luxo e ostentação ao extremo

Na verdade o comercial de TV em 1987 era direcionado ao Opala Diplomata Coupe e sedã, mas o Chevrolet Caravan Diplomata, acabou pegando uma carona, e se perpetuando como Chevrolet Caravan Diplomata Maestro.

Entre os anos de 1985 e 1987 o modelo da família Opala Diplomata com faróis de lente plana e luzes de longo alcance embutidas, o famoso frente quadrada, era o sonho da grande maioria dos brasileiros, ter um modelo na garagem era sinônimo de poder e bom gosto.

Com o fim do Alfa Romeo 2300 em 1986, a família Opala passou a ser o segundo modelo nacional mais caro do Brasil, apenas atrás do Escort XR3 Conversível.

Desempenho

Na estrada um verdadeiro navegador silencioso, em velocidades acima de 100 km/h, quem estava parado na pista ouvia o tradicional apito proveniente do atrito do ar com a grade do motor.

A tecnologia de suspensão mesmo na década de1980, era de ponta, a Chevrolet conseguia conciliar segurança e ao mesmo tempo uma suspensão macia e confortável.

No transito era um dos carros nacionais mais ágeis, com aceleração de 0 a 100 em 11,9 Segundos.

O consumo estava dentro do esperado para um modelo de grande porte a álcool, 4 km/l na Cidade e 7 KM/L na estrada, mas em 1987 quem tinha dinheiro para comprar a SW Diplomata 4.1/S, o que menos importava era o consumo.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.


Acabamento Externo

Carroceria SW de grande porte, 2 portas, popularmente conhecida como Maestro.

Frente quadrada, lentes planas, faróis e luzes de longo alcance embutidas junto das setas.

Para-Choque de aço carbono na cor grafite. com friso emborrachado.

Retrovisores satélites, com controle interno elétrico.

Rodas de liga-leve exclusivas família Opala 195/70 R14.

Largo friso lateral com o logo Diplomata.

Bagageiro em aço na cor grafite.

Lanternas traseiras tricolor tradicionais família Opala SW.

Logo 4.1/S na tampa do porta-malas.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.


Acabamento interno

Painel com conta-giros, com mostradores quadrados de fácil visualização e modernos para a época.

Volante de dois raios espumado tipo executivo.

Acabamento de bancos e portas em tecido aveludado de primeira linha.

Encosto de cabeça apenas nos bancos dianteiros.

Travas, vidros e regulagem dos retrovisores elétricos.

Rádio toca-fitas digital com equalizador automático.

Ar-condicionado.

Porta-malas e assoalho acarpetados.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Ficha Técnica – Chevrolet Caravan Diplomata Maestro 4.1/S 1987

Carroceria – SW;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  4.1 Cód 250;

Cilindros – 6 em linha;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Álcool;

Potência – 135 cv;

Peso Torque – 45,47 kg/kgfm;

Cilindrada – 4093 cm³;

Torque máximo – 30 kgfm a 2000 rpm;

Potência Máxima – 4000 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1364 kg;

Suspensão dianteira – Independente, Braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Comprimento – 4812 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Largura – 1766 mm;

Altura – 1483 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 11,3 Segundos;

Velocidade máxima – 176 km/h;

Consumo: Cidade 4 km/l – Estrada 6 km/l;

Autonomia: Cidade 336 km – Estrada 504 km;

Porta malas – 361 Litros;

Carga útil – 500 kg;

Tanque de combustível – 84 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 235.215,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.


Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.


Motor Tudo – Chevrolet Caracan Diplomata 4.1/S 1987

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.joi

Carros dos anos 80 – Carros Clássicos brasileiros.


Deixe um comentário