Chevrolet A10 1984 no auge dos modelos a álcool fez sucesso

Levava alguns minutos para aquecer na parte da manhã, fazia 3 KM/L se estivesse sem peso, ainda sim, milhares de unidades foram emplacadas

Quem viveu o início da década de 1980, sabe muito bem a dificuldade que era aquecer um carro a álcool pela manhã, imaginem um utilitário de 6 cilindros, mesmo assim era bastante comum ver picapes Chevrolet A10 andando pelas ruas, principalmente na zona rural, entre 1981 e 1986, que foram os anos dourados do álcool, o novo combustível era relativamente mais barato que a gasolina, e não sofria tanto com os constantes aumentos, então os proprietários não se apegavam muito ao consumo.

Outro atrativo na hora da compra era o preço, abaixo da versão a gasolina, e consideravelmente mais barata que a versão a diesel, mas sem dúvida a forte tendencia de mercado da época que alavancou as vendas.

Mas na segunda metade da década de 1980, o mercado de picapes médias, na área urbana aumentou consideravelmente, a nova versão A20, não fez o mesmo sucesso, a proximidade do preço do álcool com a gasolina e algumas limitações dos motores a álcool, fizeram com que os modelos diesel e gasolina dominassem o mercado.

Hoje é um modelo muito colecionável, bastante raro, estando devidamente restaurado, com placa preta, pode custar entre R$ 65.000,00 e R$ 100.000,00.

Desempenho

Sem dúvida a maior limitação da A10 era em dias mais frios, não apenas a partida pela manhã, mas cidades rurais com muitas subidas e descidas, se motor não estivesse devidamente aquecido e com o carburador 100% limpo, você teria muitas dificuldades.

O consumo não era uma preocupação até 1985, mas com a preço do álcool subindo quase que diariamente na segunda metade da década, 3 KM/L já pesava no bolso.

No restante era um utilitário valente, o já consagrado motor Chevrolet de 6 cilindros, era de pouca manutenção e confiável.

Acabamento Externo

Frente com faróis redondos de lente boleada;

Grade de ar de plástico, cinza com detalhes preto;

Logo gravata Chevrolet na grade de ar;

Setas dianteiras posicionadas abaixo da grade de ar;

Para – choques em lâminas de aço cromadas, traseiro bipartido;

Placa com logo “A10”, na lateral dos para – lamas dianteiros;

Carroceria bicolor;

Retrovisor metálico, redondo, muito pequeno para um carro tão grande;

Rodas de aço tradicionais utilitários Chevrolet;

Calotas cromadas tradicionais Chevrolet;

Maçanetas cromadas;

Lanterna traseira, sem luz de ré, pequena e pouco eficiente;

Grande logo “Chevrolet” na tampa da carroceria;

Carroceria com forração de madeira – opcional de época.

Acabamento Interno

Painel em aço cor preto, com forração em vinil;

Diversos mostradores, Voltímetro, conta – gitros, entre outros;

Volante de aço e plástico injetado de três raios;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no pinel;

Acabamento do assoalho emborrachado;

Acabamento do banco e portas em vinil;

Acionamento dos vidros manual basculante.

Ficha Técnica – Chevrolet A10 1984

Carroceria Picape;

Porte Médio;

2 portas;

Motor 4.1 – código 250;

Cilindros 6 em linha;

Longitudinal;

Tuchos Hidráulicos;

Tração Traseira;

Combustível Álcool;

Carburador;

Direção Simples – Opcional hidráulica

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras;

Peso 1570 KG;

Potência 122 CV;

Potência Máxima 4000 RPM;

De 0 a 100 – 30 Segundos;

Velocidade máxima 130 KM/h;

Consumo na Cidade 3 KM/L – Estrada 5 KM/L;

Porta malas 750 Litros;

Carga útil 750 KG;

Tanque de combustível 88 Litros;

Motor Tudo – Chevrolet A10 1984

Carros antigos – Picapes

Please follow and like us:

Deixe uma resposta