Chevette SL 1976 o compacto nacional mais econômico e eficiente

Em 1976 o governo brasileiro publicamente anunciou a crise do petróleo, a situação caiu como uma luva no colo da montadora Chevrolet, que tinha o compacto mais confortável e econômico do mercado.

O Chevette Sl 1.4 1976, era o carro nacional compacto com a melhor relação economia e conforto, seu principal concorrente acabara de chegar no mercado o Fiat 147, muito econômico, com uma estrutura moderna, mas com grandes problemas de câmbio e manutenção.

Os modelos VW Fusca e Brasília, mesmo nas versões com motor 1300, entregavam um consumo alto para modelos populares, e deixavam muito a desejar no acabamento e conforto.

O modelo da Chevrolet fazia 14 KM/L na estrada, o Fusca 1300 11 KM/L, mas o Chevette ainda oferecia uma acabamento interno muito superior que os modelos VW, nível de ruído interno mais baixo, suspensão macia, caixa de direção mais precisa e confortável e um painel mais moderno e eficiente, além da distribuição de peso que deixava o carro muito mais estável e seguro.

O ponto negativo ficava para o custo das manutenções preventivas e corretivas, durante o período de revisões na concessionária, a Chevrolet não poupava esforços para cobrar valores acima da realidade do mundo dos compactos.

Desempenho

O motor Chevrolet 1.4, era de manutenção simples e descomplicada, com um torque relativamente macio para a época, mas pouco elástico;

O tempo de vida útil do motor era aproximadamente o mesmo dos modelos VW BOX refrigerado a ar;

O câmbio era muito macio e de engates precisos;

O conjunto carroceria, chassis e suspensão, era muito eficiente, com peso muito bem distribuído, deixando o Chevette seguro em curvas de alta, mesmo com piso molhado;

Acabamento Externo

Famosa frente tubarão;

Com faróis redondos embutidos com recuo;

Para-choques em lâminas de aço cromados;

Lanternas dianteiras abaixo do para – choque;

Logo “Chevette” no capô;

Rodas de aço com calotas cromadas;

Retrovisores metálicos, com ajuste manual;

Maçanetas cromadas;

Frisos metálicos no contorno dos para-lamas;

Lanternas traseiras bicolor, com luz de ré.

Acabamento Interno

Painel em vinil, com detalhes em imitação de madeira Jacarandá, mostradores básicos de fácil visualização;

Volante de dois raios, de plástico injetado;

Ventilador de duas velocidades;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no painel;

Acabamento de bancos e portas em vinil e tecido aveludado preto;

Acionamento dos vidros, manual basculante;

Assoalho acarpetado e porta malas.

Ficha Técnica – Chevette SL 1.4 1976

Carroceria – Sedã;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  Chevrolet 1.4;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 68 CV;

Peso Torque – 88,78 kg/kgfm;

Cilindrada – 1398 cm³;

Torque máximo – 9,8 kgfm a 3200 rpm;

Potência Máxima – 5800 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 870 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido, barra Panhard – Mola helicoidal;

Comprimento – 4120 mm;

Distância entre-eixos – 2390 mm;

Largura – 1570 mm;

Altura – 1320 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 19,1 Segundos;

Velocidade máxima – 140 km/h;

Consumo: Cidade 11 km/l – Estrada 14 km/l;

Autonomia: Cidade 495 km – Estrada 630 km;

Porta malas – 323 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 45 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 49.821,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

Motor Tudo – Chevette SL 1.4 1976

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros Clássicos Brasil – Chevette

Please follow and like us:

4 comentários sobre “Chevette SL 1976 o compacto nacional mais econômico e eficiente”

  1. Preço atualizado aproximado R$ 49.892,00 ?
    • Sem ar condicionado;
    • Sem vidro elétrico;
    • Sem chave canivete;
    • Sem as novas tecnologias;
    • Sem quebra ventos;
    • Sem sensor de ré.

    Ótimo para sua época, gostaria de possuir um hoje mas falar sobre valor é difícil.

    Diga-se de passagem que este branco é sensacional.

    Sensacional a matéria, gostei muito!

    Obrigado.

  2. Gostaria de sugerir uma matéria com o Corsa, que entrou no lugar do Chevette, e agradou muitíssimo, por ser um popular com o acabamento de padrão elevado da GM, e ter um motor bastante eficiente. Estranho a ausência de uma matéria sobre o Corsa e o Corsa Station Wagon (esse último bastante raro), afinal foi um carro que marcou época, muito vendido, e que tirou mercado da FIAT. Os anos 1990 e 2000 foram marcados pela concorrência entre Uno, Corsa, Gol e Escort (depois substituído pelo Ka).

  3. Então, era o que tinha de menos porcaria. Eu tive muitos Chevettes, sempre gostei deles é me trazem boas recordações. Gostei de ler a matéria.

  4. 49.000 por uma porcaria dessa e isso nos dia de hoje. Carros brasileiros sempre foram porcarias naquela época.

Deixe uma resposta