Chevette GP 1976 O carro original do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de 1976

1976 a equipe Fittipaldi, estava em seu segundo ano na Formula 1, a Chevrolet foi a patrocinadora da etapa no Brasil, e aproveitou para lançar a versão esportiva de seu compacto

O sedã compacto da Chevrolet estava em seu terceiro ano de produção, sucesso absoluto em vendas, a montadora resolveu abrir mais um leque de opções em suas versões, e colocou no mercado o Chevette GP 1976, sendo a patrocinadora oficial do GP Brasil de Formula 1 daquele ano, foram cedidos para os organizadores algumas unidades para serem utilizadas durante o evento, o modelo aqui do post foi um dos que estiveram lá.

O visual esportivo chamava a atenção, com suas faixas pretas, luz de longo alcance na grade de ar e retrovisores estilo GT, quanto ao desempenho do conjunto motor e câmbio, ficava um pouco atrás do seu principal concorrente o compacto VW SP2, mas em equilíbrio, tanto na estrada quanto na cidade estava bem a frente, com um peso bem distribuído e tração traseira, o carro era muito divertido de dirigir.

Desempenho

Agilidade e velocidade final, o Chevette GT, era o segundo compacto mais rápido do mercado, ficando atrás apenas do VW SP2, mas em estabilidade, equilíbrio e dirigibilidade era o compacto mais eficiente do mercado disparado.

A tração traseira, aliado ao eficiente conjunto, carroceria, chassi e suspensão, deixava o carro seguro e divertido de dirigir.

Por ter um motor na frente refrigerado a água, e um acabamento interno muito bem trabalhado, o GP também levava vantagem no conforto.

Acabamento Externo

Frente com faróis redondos, embutidos em uma moldura entre o capô e o para-lama;

Luzes de longo alcance embutidas na grade de ar do motor;

Para-choques em lâminas de aço, cromados;

Setas dianteiras localizadas abaixo do para-choque.

Retrovisores na cor preto fosco estilo GT, com ajuste manual;

Rodas de aço pretas tradicionais da família Chevette;

Lanternas traseiras bicolor;

Capô dianteiro e tampa do porta – malas, com faixa preta estilo GT;

Faixa preta lateral estilo, com o logo em amarelo GT II.

Acabamento Interno

Painel moderno de fácil visualização, com relógio analógico;

Volante de três raios, estilo GT, com acabamento em couro;

Acabamento de bancos e portas em imitação de couro;

Bancos dianteiros com encosto de cabeça embutido;

Assoalho acarpetados, porta malas emborrachado;

Acionamento dos vidros, manual basculante;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro.

Ficha Técnica – Chevette GP 1976

Carroceria sedã;

Porte compacto;

Duas portas;

Motor 1.4 Chevrolet;

Cilindros 4 em linha;

Tuchos mecânicos;

Longitudinal;

Tração traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Freios discos sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 890 KG;

Potência 72 CV;

10,8 kgfm a 3800 rpm;

De 0 a 100 – 19,5 Segundos;

Velocidade máxima 142,3 KM/h;

Consumo Cidade 9 KM/L Estrada 13 KM/L;

Autonomia: Cidade 405 – Estrada 585;

Porta malas 150 Litros;

Carga útil Não informado;

Tanque de combustível 45 Litros.

Motor Tudo – Chevette GP 1976

Carros Clássicos Brasil – Chevette

Deixe uma resposta