Caravan branca, 1976, com a elegante alavanca de marchas na coluna de direção

Compartilhe

A Caravan branca da nossa matéria, é uma das versões de entrada no ano de 1976, raras unidades eram destinadas a pessoa física, normalmente equipavam serviços públicos, como ambulância, e outros setores da área da saúde e educação.

As versões básicas na cor branca do Chevrolet Caravan, ao lado do Chevrolet Veraneio, entre as décadas de 1970 e 1980, sem duvida foram os modelos que mais atenderam os serviços públicos, tanto municipais, estaduais e federais.

Ao chegar em uma concessionária, o cliente pessoa física normalmente optava pela versão de entrada com um preço bem mais em conta, tanto da unidade zero km, como das manutenções preventivas e corretivas, em relação as versões top de linha. Mas dificilmente pedia a cor branca, além das comparações com serviços públicos, existia o mito que a cor manchava com facilidade.

Hoje como um exemplar extremamente raro, principalmente com alavanca do câmbio posicionada na coluna de direção, se tornou colecionável de custo intermediário. Uma unidade que possou por um processo de restauração classe “A”, o preço pode variar entre R$ 60.000,00 e R$ 100.000,00.

Como já citado em outras matérias os modelos Chevrolet Caravan, das décadas de 1970 e 1990, tem valores superior, aos colecionáveis da década de 1980. Mas sempre existem as variáveis do estado de originalidade do veículo, que influenciam diretamente no preço.

A unidade da nossa matéria é uma Chevrolet Caravan branca, do ano de 1976, na versão Standard, equipada com câmbio na coluna de direção, e o eficiente motor 2.5 cód 151-S, que entregava uma excelente relação força e consumo, com 98 cv, torque máximo de 19,8 kgfm a 2600 rpm, velocidade final real de 155 km/h e aceleração de 0 a 100 em 17 segundos. Quanto ao consumo, na cidade 8 km/l e na estrada 11 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes boleadas embutidos em uma moldura na cor prata;

Setas dianteiras – Embutidas nos para-lamas;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromados;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Com frisos cromados na horizontal;

Retrovisores Externos – Redondos cromados;

Frisos – Não;

Rodas – Tradicionais da família Opala, com lindas calota cromadas;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Caravan”, na lateral dos para-lamas traseiro;

Lanterna Traseira – Bicolor com luz de ré, redondas duplas, posicionadas na horizontal;

Bagageiro – Sim- Instalado como acessório de época;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em courvin e aço na cor grafite;

Volante – De dois raios;

Sistema de som – Rádio Chevrolet;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual externo;

Acabamento dos bancos – Em courvin;

Acabamento das portas – Em courvin;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpete;

Porta-malas – Com forração emborrachada – Opcional para carpete;

Ficha Técnica – Caravan branca – Versão Standard 2.5 – Do ano de 1976

Carroceria – Chevrolet SW;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  2.5 Cód 151-s;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 98 cv;

Peso Torque – 57,9 kg/kgfm;

Cilindrada – 2474 cm³;

Torque máximo – 19,8 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 4500 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades, com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1146 kg;

Suspensão dianteira – Independente, Braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Comprimento – 4631 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Largura – 1758 mm;

Altura – 1384 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 17 Segundos;

Velocidade máxima – 155 km/h;

Consumo: Cidade 8 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 432 km – Estrada 594 km;

Porta malas – 774 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 54 Litros;

Valor atualizado Aproximado –  R$ 317.829,00 – preço pessoa física;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário