Caravan 81 Standard a versão de entrada da SW da Chevrolet

Para quem viveu a década de 1980, sabe muito bem que mesmo na versão de entrada, ter um Chevrolet Caravan na garagem literalmente não era para qualquer pessoa

No início da década de 1980, a versão de entrada Caravan 81 Standard, era a opção mais barata da SW da Chevrolet, mas se você acha que conseguir o orçamento para ter uma 0 km em sua garagem era fácil, esta enganado.

Mesmo na versão básica, era sinônimo de luxo e ostentação, durante toda a década de 1980, quando você passava por uma casa, e via na garagem um Chevrolet Caravan, independente da versão, logo saberia que era uma família de classe média ou alta.

Se para o público PF a montadora oferecia a versão de entrada como veículo de alto custo, tanto na compra, como nas manutenções preventivas e corretivas, já para CNPJ e órgãos públicos, a perua da Chevrolet poderia sair a preço de carro compacto, dependendo do cliente e quantidade de unidades encomendadas.

Ambulâncias, serviços funerários, estatais de luz e água, entre outros serviços público, além de empresas privadas, era bastante comum ver uma Caravan Standard.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mas se tratando de um modelo de grande porte ainda com estrutura da década de 1970, era sempre bom ficar atento em curvas de alta.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet 2.5 cód 151, conseguia unir confiança, robustez e a força necessária para um modelo de 4 cilindros.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 velocidades, não tinha as relações muito curtas, mesmo assim deixava o carro confortável para dirigir tanto na estrada quanto na cidade.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor saudável e um câmbio descomplicado o carro era seguro e eficiente.

Consumo –  Para um motor de 4 cilindros de um carro de grande porte, fazer 8 km/l na cidade era uma grande virtude.

Acabamento Externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas embutidas no mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromadas, com friso emborrachado;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal;

Retrovisores Externos – Pretos de plástico, com ajuste manual;

Frisos – Não;

Rodas – De aço tradicionais da família Opala;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Chevrolet, na tampa do porta – malas. Na lateral dos pra lamas dianteiros o logo “Caravan”;

Lanterna Traseira – Bicolor tradicionais família Caravan da década de 1980, com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em vinil na cor grafite;

Volante – Espumado de dois raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em tecido plástico;

Acabamento das portas – Em vinil preto;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros embutidos nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Emborrachado;

Ficha Técnica – Caravan 81 Standard 2.5

Carroceria – SW;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  2.5 cód 151;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Longitudinal;

Peso Torque – 57,88 kg/kgfm;

Tração – Traseira;

Combustível – Gasolina;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 5 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1214 kg;

Comprimento – 4676 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Potência – 98 CV;

Cilindrada – 2471 cm³;

Torque máximo – 19,8 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 4500 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 15,5 Segundos;

Velocidade máxima – 146 km/h;

Consumo: Cidade 8 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 520 km – Estrada 715 km;

Porta malas – 774 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 84 Litros;

Valor atualizado Aproximado – Pessoa Física R$ 93.712,00 – CNPJ R$ 70.458,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta