Alfa Romeo 156 SportWagom, um SW de elite, que sobreviveu a era dos SUV’s

Compartilhe

O Alfa Romeo 156 SportWagom, na carroceria SW, nasceu no ano 2000, foi uma ampliação do catálogo da montadora, que já disponibilizava o modelo 156, na carroceria sedã três volumes desde outubro de 1997. Equipado com câmbio manual com alavanca no assoalho, e com trocas no volante “borboleta”, com tecnologia desenvolvida pelo setor da Ferrari F-1.

A montadora foi corajosa e criativa, ao lançar um SW bem no auge da expansão do mercado dos SUV’s. O 156 na carroceria SportWagom, ainda ganhou prêmios na Europa, e atingiu um número bastante significativo de unidades emplacadas em diferentes pontos do globo.

Seu auge talvez tenha sido nas versões a partir de 2004, equipadas com os motores 2.5 V6 de 190 cv, com velocidade final real de 225 km/h e aceleração de 0 a 100 em 8,7 segundos, um modelo rápido, confortável, seguro, já ofereciam opções de controle de tração e estabilidade.

A unidade aqui da nossa matéria é um Alfa Romeo 156 SportWagom, do ano de 2001/02, equipado com o motor 2.0 16V Twinspark de 153 cv, com velocidade final real de 212 km/h. Ainda entrega equipamentos como, teto solar elétrico, abertura automática das portas traseiras, ar-condicionado automático, computador de bordo. A qualidade e a beleza do acabamento interno e externo mostram que literalmente é um produto de uma marca de elite.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto do projeto, dava ao carro uma ótima estabilidade, a montadora mais uma vez, conseguiu unir em um mesmo carro conforto e segurança.

Motor –  Utilizando o motor Twin Spark 2.0 16V, era robusto, e com um giro bastante estável em altas rotações.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 velocidade, dava um ar todo esportivo ao carro, bastante elástico e engates precisos.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor elástico com muito fôlego, que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era seguro e confiável.

Consumo –  Para um modelo esportivo com motor 2.0 16v, fazer na cidade 8,9 km/l na cidade, estava dentro do esperado para a época.

Acabamento Externo

Faróis –  Com linhas que acompanham o desenho do carro, levemente chanfrado nas extremidades;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria;

Faróis de neblina – Sim;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal, posicionada, abaixo do para-choque e também ao lado do brasão, Alfa Romeo;

Retrovisores Externos – Panorâmicos com ajuste elétrico, na cor grafite;

Frisos – Não;

Rodas – De liga-leve 205/60 R15;

Maçanetas – Na cor prata;

Logo – “156”, na tampa do porta-malas;

Lanterna Traseira – Bicolor com luz de ré, embutida na carroceria e na tampa do porta – malas;

Bagageiro – Sim;

Teto Solar – Sim;

Limpador do vidro traseiro – Sim;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular + computador de bordo;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil e madeira;

Volante – Esportivo de três raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Automático;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico nas 4 portas;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Interno elétrico;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em couro;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Bipartido, encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos para dois passageiros;

Encosto de cabeça – Para quatro passageiros com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Alfa Romeo 156 SportWagom 2001/02

Carroceria – SW;

Porte – Médio;

Portas – 4;

Motor –  Twin Spark 2.0 16V;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 4;

Posição – Transversal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 150 cv;

Peso Torque – 65,2 kg/kgfm;

Cilindrada – 1969 cm³;

Torque máximo – 18,9 kgfm a 4000 rpm;

Potência Máxima – 6200 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação – Injeção Multiponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e disco sólido nas rodas traseiras;

Peso – 1230 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Independente braço arrastado – Mola helicoidal;

Comprimento – 4430 mm;

Distância entre-eixos – 2595 mm;

Largura – 1745 mm;

Altura – 1415 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 8,9 Segundos;

Velocidade máxima – 212 km/h;

Consumo: Cidade 8,9 km/l – Estrada 12,9 km/l;

Autonomia: Cidade 561 km – Estrada 756 km;

Porta malas – 360 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 63 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 352.000,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Deixe um comentário