Voyage Quadrado a história do pequeno sedã

Voyage Quadrado a história do pequeno sedã entre 1981 e 1995

Lançado em 1981 como parte do projeto BX, o Voyage Quadrado, encantou pelo desenho e desempenho robusto

O projeto BX que deu origem ao VW Gol, ganhou em 1981 sua extensão sedã, o Voyage Quadrado, que foi sucesso absoluto logo em seu primeiro ano e vida. Mas qual foi o segredo de tanto sucesso?

Além do visual moderno com a frente com faróis quadrados, embutidos em um mesmo conjunto com as setas, e o desenho sedã compacto, bem estilo europeu, aliado a mecânica refrigerada a água, a mesma que equipava o bem sucedido projeto Passat, o Voyage Quadrado, aliava beleza, e muita eficiência.

Voyage Quadrado 1981

Ele chega ao mercado equipado com motor BR 1.5, ao contrário do irmão hatch que ainda amargava o motor BOX refrigerado a ar.

Em comparação ao seu concorrente direto, o Chevrolet Chevette, o modelo da VW era mais moderno e eficiente, tento no conjunto suspensão, bloco e carroceria, como também no conjunto motor e câmbio, mais robusto, e com um tempo de vida útil maior.

Rapidamente o público ligou sua eficiência e robustez, ao primo, VW Passat.

O ano de 1982 o Voayge não teve mudanças, mas atingiu o topo da tabela dos mais vendidos do Brasil ao lado do Ford Del Rey, segundo a revista Quatro rodas da época, eram os dois carros mais desejados do país.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica – Voyage 1981 1.5

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor BR 1.5.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Gasolina.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 891 KG.
  • Potência 78 CV.
  • De 0 a 100 – 15,8 Segundos.
  • Velocidade máxima 151,2 KM/h.
  • Consumo Cidade 9 KM/L Estrada 15 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil Não informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1983 – Ganha motor ganha motor MD – 270 1.6 na versão LS

Ainda no primeiro semestre de 1983 o sedã compacto da VW utilizava o motor BR 1.5, no segundo semestre a versão LS recebeu os primeiros lotes de motores MD -270 1.6, só em 1984 todas as versões eram equipadas de série.

Na verdade o motor MD – 270 1.6 era um upgrade dos motores BR e BS, que deixou o Voyage, Passat e Parati, mais rápidos, elásticos e confiáveis.

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

 

Ficha Técnica – Voyage 1983 1.6

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor MD – 270 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 891 KG.
  • Potência 78 CV.
  • De 0 a 100 – 15,3 Segundos.
  • Velocidade máxima 154 KM/h.
  • Consumo Cidade 8,6 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil Não informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1984 – Motor MD -270 1.6 de série e lançamento da primeira série especial

Em 1984 o Voayge passa a ser equipado de série com motor MD – 270 1.6, em todas as versões, ganha cantoneiras dos para-choques mais alongadas.

Chega ao mercado duas séries especiais, a primeira e mais badalada foi o Voyage Los Angeles, uma versão LS, pintada de azul metálico escuro, com rodas de liga-leve e painel com alguns instrumentos adicionais, volante do Gol GT, bancos Recaro, logo Los Angeles no vidro traseiro, para-choque pintados na cor do carro, faixa lateral preta dando um ar todo esportivo e faróis de neblina.

Já a série especial Voyage do Mês, passou de uma maneira mais discreta, na verdade era uma versão S, pintada de azul ou verde cristal, passou despercebida pelo mercado, vendendo poucas unidades.

Ficha Técnica -Voyage Los Angeles 1984

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor MD – 270 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 891 KG.
  • Potência 78 CV.
  • De 0 a 100 – 15,3 Segundos.
  • Velocidade máxima 154 KM/h.
  • Consumo Cidade 8,6 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil Não informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1985 – Ganha câmbio 5 marchas como opcional e no segundo semestre, recebe os primeiros lotes de motores AP 1.6

1985 foi um ano de pequenas e discretas mudanças no acabamento, as lanternas traseiras ganham contorno vermelho na luz de ré, os ponteiros do painel passam a ser vermelho Ferrari, o modelo LS ganha calotas cromadas e opcional para rodas de liga leve, além dos retrovisores com controle interno mecânico “Opcional.

Mas as duas grandes mudanças forma no conjunto motor e câmbio, a versão LS ainda com motor MD- 270 1.6 tinha a opção de câmbio 5 marchas que deixava o motor com um giro muito mais estável e suave na estrada, e também mais econômico.

No segundo semestre, algumas unidades LS 5 marchas receberam motores AP 1.6, que na prática era uma evolução dos motores MD – 270 1.6.

Ficha Técnica – Voyage LS 1985 MD-270 1.6 5 Marchas

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor MD – 270 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 891 KG.
  • Potência 78 CV.
  • De 0 a 100 – 15,3 Segundos.
  • Velocidade máxima 160 KM/h.
  • Consumo Cidade 8,6 KM/L Estrada 12 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil Não informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1986 – Ganha motor AP de série e a série especial plus

Em 1986 o Voyage Quadrado ganha a série especial Plus, com motor Ap 1.6 e câmbio 4 marchas.

O voyage Plus vinha com vários itens diferenciados. 

  • A cor do painel e acabamento interno, portas e bancos eram beje equatorial ou marrom clarinho como queiram.
  • Vendido em três cores de lataria, vinho, azul escuro e beje equatorial, as cores do acabamento interno permanecia o mesmo, beje equatorial nas três opções de cores da lataria.
  • O painel continuava o mesmo quadrado, da versão LS código 1, mostradores apenas de velocidade, temperatura do motor, nível de gasolina e um relógio analógico.
  • Simpáticas calotas de plástico ou liga-leve como opcional
  • Faróis de neblina abaixo do para-choque os mesmos do Voyage Super.
  • Laminas dos para-choques na cor do carro.
  • Estofamento na mesma cor do painel.
  • Retrovisores de controle interno mecânico.

Ficha Técnica – Voyage Plus 1986 AP 1.6 4 marchas

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 894 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11 Segundos.
  • Velocidade máxima 165 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,5 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil 350 KG.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1986 – Voyage Super 1.8, a versão esportiva

Em 1986 a Volkswagen decide lançar a versão esportiva do Voyage Quadrado, na verdade era um Gol GT 1.8 sedã.

para na haver uma briga no mercado entre irmão, a montadora resolver lançar a nova versão esportiva com o nome Voayge Super, ao invés de Voyage GT 1.8.

a nova versão fez um grande sucesso, mas infelizmente durou apenas 1 ano no mercado, devido a mudanças no visual e versões para o ano seguinte.

Ficha Técnica – Voyage Super 1.8 1986

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.8.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 960 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 10,5 Segundos.
  • Velocidade máxima 165,5 KM/h.
  • Consumo Cidade 6,8 KM/L Estrada 9,7 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil 390 KG.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1987 – Novo acabamento externo

Após 7 anos de vida o sedã compacto da Volkswagen recebe o primeiro upgrade no visual, nova frente com faróis de lentes planas, para-choques envolventes e novas versões, ” S se tronou CL, LS GL e o Voyage Super deixou de ser um esportivo e passou a ser um esportivo fino, com as siglas GLS.

Por dentro o Voyage continuava o mesmo, o motivo da mudança parcial, foi a questão política e tributária do regime militar da época, a cada upgade a montadora necessitava de uma autorização, para realizar as mudanças e também para fazer as atualizações de preços, sem as devidas autorizações, as mudanças foram acontecendo ano a ano.

1987 também marcou o fim do pesadelo do câmbio 4 marchas, agora todas as versões saião de fábrica com câmbio 5 marchas

Ficha Técnica – Voyage 1987.

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 894 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11 Segundos.
  • Velocidade máxima 165 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,5 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil 350 KG.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1988 – Novo acabamento interno

1988 foi o ano que os fãs do Voyage sonharam, finalmente o fim do painel quadrado, herdado da Variant II, o sedã recebe finalmente o painel do Polo alemão, as versões GL Cód 2 e GLS, receberam painel com botões satélites e as versões CL e GL cód 1 painel sem botões satélites.

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

Imagens Reginaldo de Campinas

 

Imagens Reginaldo de Campinas

Ficha Técnica – Voyage 1988 

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 894 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11 Segundos.
  • Velocidade máxima 165 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,5 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil 350 KG.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado GLS 1988 – A versão esporte fino

Um Gol GTS no corpo de Voyage, era assim que o Voyage GLS era visto pelos seus fãs, na verdade o Voyage Super 1.8 1986, se transformou em Voyage GLS, só que agora com um visual mais esporte fino, que esportivo, a mecânica e o acabamento interno eram basicamente os mesmos do Gol GTS, rápido, bonito e muito ágil, na ocasião custava 25% mais caro que um Passat GTS Pointer.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica – Voyage GLS 1.8 1988

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.8.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 960 KG.
  • Potência oficialmente 99 CV, na prática entregava até 110 CV.
  • De 0 a 100 – 10,5 Segundos.
  • Velocidade máxima 168 KM/h.
  • Consumo Cidade 6,4 KM/L Estrada 9,4 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil 350 KG.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado 1989 – Ganha motor CHT Ford, rebatizado de AE

Em 1989 com a parceria entre VW e Ford, nasce a Autolatina, que produziu veículos com troca de tecnologia, o Voyage Quadrado foi um dos modelos que recebeu a mecânica Ford, o CHT 1.6 rebatizado de AE, a tentativa foi criar modelos populares, de baixo consumo e preço mais em conta, mas na prática o Voyage equipado com a nova mecânica ficou apático, pouco ágil e a economia de combustível não era tão significativa a ponto de valer o esforço, quanto ao preço na concessionária, de popular só o nome, o Voyage CL CHT 1.6, custava mais que a versão top de linha do Chevette e mais que a versão intermediária do Fiat Prêmio.

Imagens Século 20 Veículos Raros

Imagens Século 20 Veículos Raros

Imagens Século 20 Veículos Raros

Imagens Século 20 Veículos Raros

Ficha Técnica Voayge CHT 1.6 1989

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor CHT/AE 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 890 KG.
  • Potência 76 CV.
  • De 0 a 100 – 12,8 Segundos.
  • Velocidade máxima 153 KM/h.
  • Consumo Cidade 10,3 KM/L Estrada 14,8 KM/L.
  • Porta malas 382 Litros.
  • Carga útil 400 KG.
  • Tanque de combustível 55 Litros.




Voyage Quadrado – 1991 ganha nova frente e novas lanternas traseiras para atender as legislações norte americanas

Em 1991 ainda alguns modelos do Voyage Fox eram exportados para os Estados Unidos e outros países, para atender as regras de altura de feixe de luz, os faróis ficaram retangulares e mais finos, ganhou também sinalizadores laterais estilo âmbar, as lanternas traseiras também mudaram, ficaram mais finas e retangulares, o porta-malas ficou maior 420 Litros e o tanque de combustível menos 47 Litros.

Por dentro o Voyage não teve modificações significativas.

Imagens Século 20 Veículos Raros

Imagens Século 20 Veículos Raros

Imagens Século 20 Veículos Raros

Imagens Século 20 Veículos Raros

Ficha Técnica – Voyage GL AP 1.8 1991.

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.8.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 960 KG.
  • Potência oficialmente 97 CV.
  • De 0 a 100 – 11,4 Segundos.
  • Velocidade máxima 165 KM/h.
  • Consumo Cidade 9,6 KM/L Estrada 14,2 KM/L.
  • Porta malas 420 Litros.
  • Carga útil 343 KG.
  • Tanque de combustível 47 Litros.




Voyage Quadrado 1993 – Versão Sport 1.8S – o último ano de produção no Brasil

1993 foi o último ano do Voayge fabricado no Brasil a partir de 1994 passou a ser importado da Argentina.

A versão Voyage Sport 1.8S, foi a Voyage mais nervoso de todos os tempos, vinha com todos os itens de luxo e conforto de série.

  • O mesmo lindo painel com botões na lateral dos mostradores bonito e eficiente.
  • Volante esportivo de quatro bolas, na minha opinião o mais bonito entre os anos 80/90.
  • Vidros, portas e travas elétricas.
  • Ar- Condicionado, algo extremamente raro na linha BX, mas o Voyage Sport merecia.
  • Radio AM/FM CD Player.
  • Bancos Recaro em tecido Xadrez com encosto de cabeça vazado dando um visual “esporte Fino ao interior do carro”.

O motor era o AP 1.8S com o mesmo câmbio do Gol GTS.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica – Voyage Sport 1.8S 1993.

  • Carroceria Sedã.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor AP 1.8S.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Gasolina.
  • Carburador.
  • Direção Hidráulica.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 960 KG.
  • Potência oficialmente oficialmente 99 CV na prática 110 CV de força.
  • De 0 a 100 – 10,7 Segundos.
  • Velocidade máxima 171 KM/h.
  • Consumo Cidade 6,5 KM/L Estrada 10,5 KM/L.
  • Porta malas 420 Litros.
  • Carga útil 343 KG.
  • Tanque de combustível 47 Litros.

Em 1995 encerra a produção.

Abaixo segue um link dos vários sedãs lançados pela Volkswagen para substituir o voyage e todos fracassaram, forçando a montadora trazer o modelo de volta em 2008.

Logus, Polo Classic, Apollo os sedãs fracassados.


Motor Tudo – Carros clássicos Brasil.

Voyage Quadrado a história do pequeno sedã
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta