Gol quadrado a história com uma nova visão

Gol quadrado de 1980 até 1996 a trajetória de um dos modelos mais bem sucedidos da história

Do Gol quadrado 1980 passando pelo GT, GTS até o mais bem sucedido GTi na primeira metade dos anos 90

O Gol quadrado teve tudo para dar errado, desempenho apático, barulhento, já nasceu com um painel ultrapassado, e não atingiu as metas da montadora em vendas nos dois primeiros anos, neste post vou mostrar toda a trajetória, versões, fichas técnicas e muitas fotos.

  • O projeto BY, foi um estudo para trazer o VW Polo para o Brasil, mas por questões tecnológicas e custo muito alto para adaptar o modelo a atrasada e arcaica realidade brasileira no auge do regime militar, a montadora buscou uma solução caseira, através de seus engenheiros, transformou o já cansado VW Brasilia em um modelo mais atualizado, aos moldes do Polo alemão, assim nascendo o nosso Gol quadrado.

Gol quadrado 1980 1.3.

O primeiro modelo foi equipado com o apático motor 1300 box do Fusca, refrigerado a ar, barulhento, lento, péssimo em retomadas, sem contar o painel quadrado, herdado da Variant II, ultrapassado e de difícil visualização dependendo da posição que o volante parasse.

Em comparação com seu concorrente direto o Chevette hatch, o Gol perdia em todos os quesitos, acabamento, conforto, dirigibilidade, e potência.

Para se ter uma ideia seu antecessor o VW Brasilia tinha um painel mais moderno, herdado do VW Polo alemão e um desempenho melhor.

Imagens Século 20 Veículos raros.

Imagens Século 20 Veículos raros.

Imagens Século 20 Veículos raros.

Imagens Século 20 Veículos raros.




Ficha Técnica.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor 1300 Box.
  • Cilindros 4 opostoa.
  • Longitudinal.
  • Tração dianteira.
  • Combustível Gasolina.
  • Carburador.
  • Direção simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 800 KG.
  • Potência 50 CV.
  • De 0 a 100 – 24,2 Segundos.
  • Velocidade máxima 129 KM/h.
  • Consumo Cidade 7 KM/L Estrada 12 KM/L.
  • Porta malas 334 Litros.
  • Carga útil Não informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1982 – O VW Gol Copa.




Em 1982 iniciou o processo de recuperação nas vendas, aproveitando o ensejo da copa do mundo a montadora lançou a primeira serie especial do modelo, com motor 1600 Refrigerado a ar, dando ao carro novo fôlego, mais rápido e mais seguro em ultrapassagens.

Acessórios de série.

  • O painel também trazia novidades, conta-giros, indicador de mudança de marchas e relógio analógio, e volante esportivo, o mesmo que equiparia o GOL Gt em 1984.
  • Os bancos ganharam novo acabamento em tom azul claro, lindas rodas de liga-leve, faróis de neblina, e friso lateral emborrachado com o logo “Copa”.

A serie especial se tornou um sucesso de vendas, e serviu como base para os modelos S e LS de 1983 e 1984.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Ficha Técnica – Gol Copa 1982.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW BOX 1600 .
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 814 KG.
  • Potência 51 CV.
  • De 0 a 100 – 18,1 Segundos.
  • Velocidade máxima 142 KM/h.
  • Consumo Cidade 6 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 334 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1983 – Chega ao topo dos mais vendidos.

Após o sucesso do Gol Copa em 1982, a montadora resolveu dar alguns incentivos para alavancar as vendas, o preço ficou mais em conta, facilidades para pagamento e novidades tecnológicas, com a produção em série das versões S e LS com motor 1600, utilizando alternador de alta capacidade e ignição eletrônica.

Finalmente as versões S e LS, conseguiram ter um desempenho a altura do seu principal rival o Chevette Hatch, novas cores como beje equatorial, azul celeste e verde cristal, também foram adicionadas a linha.

Opcionais: Como limpador e desembaçador do vidro traseiro, rádio AM/FM e no painel relógio analógico e conta-giros, ficaram a disposição de quem queria pagar para ter um algo a mais.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

 

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.


Ficha Técnica – Gol 1983.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW 1600 .
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 814 KG.
  • Potência 51 CV.
  • De 0 a 100 – 18,1 Segundos.
  • Velocidade máxima 142 KM/h.
  • Consumo Cidade 6 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 334 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1984 – Ganha para-choques grafite e novas spoilers.

Em 1984 o Gol quadrado nas versões S e LS ganham retoques no acabamento, mas se torna obsoletos no desempenho e tecnologia da relação motor e câmbio.

Para-choques na cor grafite e spoiloers mais cumpridas e frisadas, mas as vendas voltaram a despencar, o motivo foi a chegada dos modernos e atualizados Fiat Uno S, CS e Ford Escort L, GL. que traziam um novo conceito para os anos 80.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.



Ficha Técnica – Gol 1984.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW 1600 .
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 814 KG.
  • Potência 51 CV.
  • De 0 a 100 – 18,1 Segundos.
  • Velocidade máxima 142 KM/h.
  • Consumo Cidade 6 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 334 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1984, a versão esportiva.




Gol GT 1.8.

Uma versão que mudou não apenas a história do gol quadrado, mas também da Volkswagen no Brasil, após o fracasso dos esportivos compactos nos anos 70, TL sport e SP2, finalmente um esportivo compacto nasce com força, beleza e principalmente dominando a ponta da tabela dos carros mais vendidos do Brasil.

Além de um visual único e esportiva, o que mais positivamente assombrava era a força do motor AP 1.8 que empurrava o modelo com muito eficiência, deixando seu principal concorrente o Escort Xr3 muito para trás no que se refere a tecnologia e desempenho de motor e cãmbio.

Em 1984 o GOL GT 1.8 se tornou o caro nacional mais rápido e mais ágil, ao lado do Passat GTS Pointer 1.8 e Opala Diplomata.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

 

Imagens Pastore Car Collection.

Ficha Técnica – Gol GT 1.8 1984.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW AP 1800 – primeira geração.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 934 KG.
  • Potência 99 CV, mas na prática 107 CV.
  • De 0 a 100 – 11,9 Segundos.
  • Velocidade máxima 166 KM/h.
  • Consumo Cidade 6,8 KM/L Estrada 11,9 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1985 – Motor MD 270 1.6 nasce uma nova era.

Em 1985 para voltar ao topo dos compactos mais vendidos, nas versões intermediárias S e LS, a Volkswagen a dotou novas mudanças, passou a equipar de série as versões com o elásticos e eficientes motores refrigerados a água os MD 270 1.6 que já equipavam a família Passat LSE tipo exportação.

O modelo também ganhou na versão LS retrovisores panorâmicos com controle interno mecânico, duplo friso emborrachado nos para-choques e câmbio 5 marchas como opcional.

Em 1985 o Gol passou a ser o hatch compacto com o desempenho mais eficiente e mais rápido do Brasil.

No painel o modelo recebeu ponteiros dos mostradores na cor vermelha.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagem Divulgação montadora.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Ficha Técnica – Gol refrigerado a água MD 270 – 1985.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW MD 270 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas, ou 5 marchas como opcional.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 900 KG.
  • Potência 81 CV.
  • De 0 a 100 – 14,2 Segundos.
  • Velocidade máxima 161 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,5 KM/L Estrada 11,9 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol Quadrado 1985 BX refrigerado a ar.

No final de 1984 a montadora colocaria fim ao motor refrigerado a ar nas versões intermediárias S e LS, mas ainda precisaria de uma versão de entrada para atender empresas e um público ainda remanescente do VW Brasília.

O Gol BX nasceu no final de 1984, a sigla “BX” era uma referência ao nome dado ao projeto do Gol no final dos anos 70, equipado com motor Box 1600 refrigerado a ar era o modelo para em presas e fãs remanescentes da montadora dos anos 70, as vendas foram melhores do que o esperado, superando até mesmo a versão “S” refrigerada a água em 1985.

Imagens Divulgação Volkswagen.

Imagem Pastore Car Collection.

Imagens Divulgação Volkswagen.

Imagem Pastore Car Collection.

Ficha Técnica – Gol BX 1985.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW 1600 .
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 814 KG.
  • Potência 51 CV.
  • De 0 a 100 – 18,1 Segundos.
  • Velocidade máxima 142 KM/h.
  • Consumo Cidade 6 KM/L Estrada 11 KM/L.
  • Porta malas 334 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1986 – Ganha motor AP 1600 nas versões S e LS.




Em 1986 o Gol quadrado ganha mais uma atualização de motor, o novo AP 1.6 com 9 CV de força a mais que seu antecessor o MD 270 1.6, melhorando ainda mais o desempenho e aumentando o tempo de vida útil do motor, neste ano o Gol passou a ser o hatch compacto nacional que recebeu mais atualizações de motor e câmbio do Brasil durante os anos 80.

A versão S de 4 marchas se tornou um dos carros mais ágeis do Brasil, com um câmbio de relações curtas e um motor muito robusto, na cidade e em retomadas tinha um desempenho muito próximo dos esportivos nacionais.

 

Ficha Técnica – Gol 1986 AP 1.6.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW Ap 1.6.
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas na versão S e 5 marchas na versão LS
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 900 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11,9 Segundos.
  • Velocidade máxima 164 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,6 KM/L Estrada 11,9 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado série especial 1986 – Gol Plus.




O Gol copa não deu as caras em 1986, mas mas a montadora disponibilizou uma nova série especial o Gol Plus 1986 AP 1.6, que na verdade era uma versão LS com câmbio de 4 marchas, e acabamento monocromático, durou em linha apenas 1 ano mas foi o suficiente para realizar boas vendas.

Imagens Julio Raridades.

Imagens Julio Raridades.

Imagens Julio Raridades.

Ficha Técnica – Gol Plus 1986.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW Ap 1.6.
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 4 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 900 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11,9 Segundos.
  • Velocidade máxima 164 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,6 KM/L Estrada 11,9 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1987 – Ganha novo acabamento externo.

Após 7 anos no mercado finalmente o Gol quadrado ganhava cara nova, em 1987 o novo acabamento externo trazia novos faróis quadrados de lentes planas, para-choque envolventes, e lanternas traseiras maiores e de melhor sinalização, os retrovisores continuavam os mesmos da versão LS 1986.

Também ganhou novas versões, oa Versão “S” se tornou CL e a versão LS se tornou “GL”.

Mas o acabamento interno continuava o mesmo, com o mesmo painel quadrado, o motivo foi a não autorização do regime militar que governava o Brasil na época, para fazer qualquer tipo de alteração nos modelos, as montadoras precisavam de um regulamentação principalmente para preço e novas tecnologias, sendo assim a Volkswagen optou em não mudar o interior do carro.

1987 também foi marcado pelo fim da maldição do câmbio 4 marchas, e a descontinuação definitiva do motor refrigerado a ar.

 

 

Ficha Técnica – Gol 1987.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW Ap 1.6.
  • Cilindros 4 oposto.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 900 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11,9 Segundos.
  • Velocidade máxima 164 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,6 KM/L Estrada 11,9 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado GTS 1.8 1987 nasce uma nova lenda.




1987 o Gol GT 1.8 é rejuvenescido, ganha cara nova, um motor mais potente e é rebatizado de GOL GTS 1.8, 1 segundo mais rápido de 0 a 100 e 1,5 KM/h mais rápido em velocidade final.

A potencia do motor oficialmente permaneceu 99 CV de força, mas na prática chegava a 110 CV, o motivo era bular as regras do regime militar que impunham impostos caríssimos para carros com mais de 100 CV.

Por dentro continuou o mesmo, apenas as cores do painel mudaram, agora os números dos mostradores eram em tons amarelos.

O Gol Gts 1.8 1987 se tornou nos dias de hoje um dos carros nacionais mais raros.

Imagens FlatOut.

Imagens FlatOut.

Imagens FlatOut.

Imagens FlatOut.

Imagens FlatOut.

 

 

Ficha Técnica – Gol GTS 1.8 1987.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW AP 1800 – primeira geração.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 950 KG.
  • Potência 99 CV, mas na prática 110 CV.
  • De 0 a 100 – 10,8 Segundos.
  • Velocidade máxima 167 KM/h.
  • Consumo Cidade 6,48 KM/L Estrada 9,4 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1988 – ganha novo painel e se torna completo.




Em 1988 finalmente o Gol quadrado ganha novo painel do Polo alemão, o novo visual interno, externo, com a mecânica AP, era o que a montadora deslumbrava em seu lançamento em 1980, mas em virtude das condições tecnológicas, políticas e financeiras do Brasil serem extremamente atrasadas, podemos dizer que o gol se tronou completo apenas em 1988.

A versão CL utiliza o pinel sem botões satélites e a versão GL painel com botões satélites, rods de liga leve também ganharam novos desenhos.

No segundo semestre de 1988, também apareceram as primeiras versões intermediárias “GL” com motores AP 1.8.

Imagens Brunelli veículos Antigos.

Imagens Brunelli veículos Antigos.

Imagens Brunelli veículos Antigos.

Imagens Brunelli veículos Antigos.

Imagens Brunelli veículos Antigos.

Ficha Técnica Gol 1988 AP 1.6.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW Ap 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 907 KG.
  • Potência 90 CV.
  • De 0 a 100 – 11,9 Segundos.
  • Velocidade máxima 164 KM/h.
  • Consumo Cidade 7,6 KM/L Estrada 11,9 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1989 motor CHT fruto da Autolatina

1989 foi o ano em que a VW e Ford criaram uma parceria para vender modelos híbridos, os famosos FordWagen, um dos produtos de entrada foi o Gol CL 1.6 equipado com o motor CHT do Escort, rebatisado de AE, montado na posição longitudinal, foi o primeiro modelo Gol com o tanque de gasolina com apenas 47 Litros.

O intuito era desenvolver um modelo popular, mais econômico, mais lento e mais barato que as versões 1.6 AP.

O versão CHT 1.6 acabou surpreendendo a montadora, realizou entre os anos de 1991 e 1993 mais vendas que a versão CL AP 1.6.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

 

Ficha Técnica Gol CL 1989 CHT 1.6.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor CHT/AE 1.6.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 872 KG.
  • Potência 76 CV.
  • De 0 a 100 – 13 Segundos.
  • Velocidade máxima 155 KM/h.
  • Consumo Cidade 11,6 KM/L Estrada 17,1 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil 390.
  • Tanque de combustível 47 Litros.

Gol quadrado GTi 2.0 1989 uma nova tecnologia e a segunda geração do motor AP.




Pela primeira vez no Brasil a injeção eletrônica multiponto desembarcava, alguns torceram o nariz, outros sonhavam com o novo esportivo da Volkswagen.

Outra novidade foi a segunda geração do Motor AP 2.0, com tuchos hidráulicos e 120 CV de força, se tornou o carro mais rápido e ágil do Brasil.

Em relação a versão carburado o carro se tornou mais ágil e muito mais equilibrado.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

 

Imagens Reginaldo de Campinas Raridades.

Ficha Técnica Gol GTi 2.0 1989

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor 2.0 segunda geração.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos Hidráulicos.
  • Tração dianteira.
  • Combustível Gasolina.
  • Injeção multiponto.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 997 KG.
  • Potência 120 CV.
  • De 0 a 100 – 10 Segundos.
  • Velocidade máxima 173 KM/h.
  • Consumo Cidade 8,5 KM/L Estrada 13,4 KM/L.
  • Porta malas 146 Litros.
  • Carga útil 340.
  • Tanque de combustível 47 Litros.

Gol quadrado série especial Gol star 1.8.

Em 1989 a Volkswagen lançou uma série especial bastante requintada, para os amantes das versões mais potentes, o Gol Star.

Para quem sonhava e não podia adquirir a versão esportiva Gol GTS 1.8, a série star oferecia o mesmo desempenho, com bancos Recaros, e uma pintura personalizada, porém o painel era o mesmo da versão CL sem botões satélites e grande vantagem era o preço praticamente o mesmo da versão GL AP 1.6.

 

Ficha Técnica.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor VW AP 1800 – primeira geração.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível álcool.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 928 KG.
  • Potência 99 CV, mas na prática 107 CV.
  • De 0 a 100 – 11 Segundos.
  • Velocidade máxima 165 KM/h.
  • Consumo Cidade 6,48 KM/L Estrada 10,5 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 55 Litros.

Gol quadrado 1991 – Segunda reestilização.




O conjunto faróis e setas dianteiros, ficam mais estreitos e ganham refletores laterais, a mudança não foi apenas para agradar o mercado nacional durante os anos 90, mas também para atender as exigências legislativas e de mercado nos Estados Unidos, os modelos Voyage “FOX” e Gol “FOX Hatch” ainda eram exportados.

1991 também foi o último ano dos carros sem catalizadores e sistemas antipoluentes, a partir de 1992 os modelos passaram a atender as novas leis e perderam potência.

Em 1992 o Gol Gti ganha novas cores.


Gol Quadrado 1.0 1996 o Ultimo ano do Gol quadrado.




Em 1993 o Gol 1000 chegou a ser o carro mais vendido do Brasil, em 1995 a Volkswagen coloca no mercado a segunda geração, o Gol Bola, mas ainda mantem o Gol quadrado na versão 1.0 até 1996.

 

Ficha Técnica.Gol 1000.

  • Carroceria hatch.
  • Compacto.
  • Duas portas.
  • Motor CHT AE 1.0.
  • Cilindros 4 em linha.
  • Tuchos mecânicos .
  • Tração dianteira.
  • Combustível Gasolina.
  • Carburador.
  • Direção Simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.
  • Peso 890 KG.
  • Potência 50 CV.
  • De 0 a 100 – 20 Segundos.
  • Velocidade máxima 137 KM/h.
  • Consumo Cidade 10,9 KM/L Estrada 14 KM/L.
  • Porta malas 273 Litros.
  • Carga útil Não Informado.
  • Tanque de combustível 47 Litros.

Motor Tudo – Gol quadrado.

Gol quadrado a história com uma nova visão
5 (100%) 2 votes

1 comentário sobre “Gol quadrado a história com uma nova visão”

  1. Pingback: Chevrolet kadett GSi 2.0 1994 com painel digital - Motor Tudo

Deixe uma resposta